Siga o OTD

Novas diretrizes para o triatlo no pós-pandemia

Triatlo

Aprovadas as novas diretrizes para eventos pós-pandemia

Triatlo terá medições constantes de temperatura dos atletas, novas regras nas cerimônias de medalha e na projeção das provas

Novas diretrizes e recomendações em eventos de triatlo (Reprodução/worldtriathlon)

Aprovadas as novas diretrizes para eventos pós-pandemia

Visando ajudar os organizadores, a World Triathlon (União Internacional de Triatlo) aprovou as novas diretrizes para a realização de competições na pós-pandemia do novo coronavírus. Tudo buscando a máxima eficiência e eficácia para frear a contaminação e a circulação do vírus.

As recomendações foram preparadas pelo departamento de esporte, com ajuda do comitê técnico, médico, atletas e treinadores, bem como as recomendações para reuniões sociais da Organização Mundial da Saúde (OMS) durante a pandemia.

Um triatlo responsável

Entre outras, as recomendações incluem o monitoramento, em eventos, da saúde dos participantes e a medição diária da temperatura corporal. O uso de máscaras e luvas também é recomendado em todas as atividades não relacionadas à competição.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Na pós-pandemia, as atividades sociais, além da competição em si, devem ser canceladas. As novas diretrizes também terão impacto nas cerimônias de medalhas e nas projeções das corridas. No futuro, todos os aspectos da competição serão revisados, levando em consideração o distanciamento social na: largada, natação, saída de ciclismo, bicicleta, corrida, chegada, caixas de penalidades, postos de ajuda, etc.

Com novas diretrizes, provas do triatlo serão bem diferentes no pós-pandemia
Provas do triatlo serão bem diferentes no pós-pandemia (Reprodução/worldtriathlon)

Os organizadores de competições de triatlo devem garantir que todos os atletas sejam cobertos por medidas adequadas para protegerem sua saúde e que tenham acesso à assistência médica imediata durante a participação no evento.

+ Vittoria Lopes: de novata a Tóquio 2020

Cuidados

Os organizadores do evento ainda devem adotar medidas preventivas para interromper a transmissão da infecção e adotar medidas de mitigação para minimizar o risco de infecção. É fundamental que qualquer atleta ou participante de um evento, que precise de cuidados médicos imediatos, tenha acesso às instalações médicas.

Cada comitê organizador local deve preparar um plano com as autoridades locais, cobrindo três estágios: Avaliação de riscos, vigilância e resposta. A estrutura do local deve respeitar as disposições de distanciamento social e de higiene.

Qualquer pessoa, incluindo atletas, treinadores, oficiais técnicos, mídia ou espectadores, que se sinta mal (por exemplo, febre, tosse), deve ficar em casa e se afastar do evento. No caso de sintomas sugestivos de doença respiratória aguda antes, durante ou após a viagem, os atletas são incentivados a procurar atendimento médico e compartilhar o histórico de viagens com seu médico.

Embora os conselhos dados nestas novas diretrizes tenham sido desenvolvidos usando as melhores informações disponível, pretende-se meramente como orientação. A aplicação dependerá das atuais restrições das autoridades locais existentes na cidade onde o evento ocorrerá.

O departamento de esporte da World Triathlon trabalhará com todos os organizadores dos eventos para implementar da maneira mais eficaz essas recomendações na pós-pandemia.

Mais em Triatlo