Siga o OTD

Tóquio 2020

Brasil perde da Bósnia e fica em quarto no vôlei sentado masculino

Assista ao vivo pelo Olimpíada Todo Dia o confronto entre Brasil x Bósnia pela disputa do bronze do vôlei sentado masculino na Paralimpíada de Tóquio 2020

Brasil x Bósnia vôlei sentado Jogos Paralímpicos de tóquio 2020
(Fabio Chey/CPB)

Apesar de ter chegado a Tóquio com esperanças de medalha, o Brasil ficou de fora no vôlei sentado masculino. Na decisão da medalha de bronze, na madrugada deste sábado, a equipe foi derrotada pela Bósnia Herzegovina, de virada, com parciais de 23/25, 25/19, 25/18 e 25/11. O quarto lugar repete o resultado obtido nos Jogos Paralímpicos Rio-2016.

“A equipe do Brasil foi sensacional. Não é para qualquer equipe chegar ao quarto lugar do mundo. Como é minha primeira experiência numa Paralimpíada, foi sensacional! Foi divino! Tenho só agradecer! Estou muito feliz. Não fomos consagrados com a medalha, mas estou muito feliz pelo trabalho que a gente fez, por tudo que nos foi fornecido para desenvolver um bom trabalho”, afirmou Anderson, segundo maior pontuador da seleção brasileira com 14 acertos, um a menos do que Giba. Do lado da Bósnia, Mirzet Duran foi o nome do jogo com 22 pontos, seguido por Ermin Jusufovic, que fez 18.

+GUIA DOS JOGOS PARALÍMPICOS

“O primeiro set deu a sensação de que dava para chegar, mas faltou um pouco mais da cabeça porque o Brasil sabe jogar voleibol. Não é à toa que o Brasil é o segundo do ranking mundial na atualidade, mas não deu, não encaixamos”, resumiu Anderson, que espera ver o time evoluir na caminhada para Paris-2024.

“Expectativa é só de melhoras, ver o que a gente pode reformular, ver o que a gente pecou para não cometer os mesmos erros de sempre, ver um pontinho aqui, um pontinho ali para melhorar mais, seguir para frente e sonhar com Paris”, finalizou.

O JOGO

No primeiro set, liderado por Anderson e Giba, o Brasil conseguiu superar o equilibradíssimo duelo contra a Bósnia e venceu apertado por 25/23. Na segunda parcial, no entanto, a equipe dirigida pelo técnico Célio Mediato caiu muito de produção e chegou a estar perdendo por 14 a 4. No final, conseguiu reagir, mas não a tempo de evitar a derrota por 25/19.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Com o placar empatado, a expectativa era de que o Brasil entrasse ligado no terceiro set, mas o que se viu foi a Bósnia abrindo vantagem novamente e chegando rapidamente a 4 a 0. Diferente da parcial anterior, a seleção brasileira não demorou tanto para acordar e aos poucos foi reagindo até chegar ao empate em 13 a 13.

Mas os bósnios reagiram no exato momento em que tudo indicava que eles seriam ultrapassados no placar e marcaram quatro pontos seguidos para fazer 17 a 13. A partir daí controlaram novamente o duelo e fecharam o terceiro set em 25 a 18.

No quarto set, a Bósnia Herzegovina voltou a dominar o confronto e desta vez os brasileiros nem conseguiram se aproximar do placar para assustar os adversários. Os bósnios foram abrindo vantagem e controlando o jogo até fechar com facilidade em 25/11.

APENAS UMA VITÓRIA

Apesar do quarto lugar, os brasileiros encerram a participação no torneio de vôlei sentado dos Jogos Paralímpicos de Tóquio com apenas uma vitória em quatro jogos disputados. Na primeira fase, o Brasil venceu a China na estreia, mas perdeu para o Irã e para a Alemanha, conseguindo a classificação graças aos critérios desempate. Na semifinal, nova derrota, desta vez para a Rússia por 3 a 1, que tirou as chances de brigar pelo título.

REVEJA – BRASIL x BÓSNIA – VÔLEI SENTADO – PARALIMPÍADA TÓQUIO 2020

Mais em Tóquio 2020

viagra