Siga o OTD

jessica messali triatlo dux

Tóquio 2020

Jéssica Messali sofre queimadura e tem preparação para Tóquio comprometida

Paratleta do triatlo, Jéssica Messali sofre com queimaduras nos pés e pode ter que ficar de fora dos Jogos Paralímpicos de Tóquio

(Daniel Zappe/CPB)

Jéssica Messali sofre queimadura e tem preparação para Tóquio comprometida

O Brasil pode ter uma baixa importante na disputa dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Realizando a sua preparação final para o evento olímpico em Portugal, a triatleta Jéssica Messali, que integra o Time Dux Nutrition, sofreu queimaduras de 2º e 3º graus nos pés e corre o risco inclusive de ter que amputar seis dedos.

Em publicação feita nas redes sociais, a triatleta deu detalhes sobre o acidente ocorrida numa sauna na última segunda-feira (5) e afirmou que seu planejamento para os Jogos Paralímpicos de Tóquio, que estão marcados para começar no dia 24 de agosto, fica comprometido.

+ CPB anuncia maior delegação para Jogos Paralímpicos fora do país

“Às vezes as coisas saem dos trilhos e temos que ser sábios e fortes para acalmar as emoções e lidar com “imprevistos” da jornada, na segunda- feira queimei os pés na sauna 2° e 3° grau, foi difícil digerir as últimas 48 horas e as notícias que estão vindo com elas, no momento aguardo uma possível amputação de 6 dedos e infelizmente minha preparação para os Jogos Paralímpicos será comprometida, hoje mais calma agradeço à Deus por estar viva e sei que em breve será apenas mais uma página da história da minha vida… orem por mim”, escreveu a atleta em sua publicação.

Confira a publicação da Jéssica Messali (ATENÇÃO: imagem forte de queimadura):

Triatleta na classe PTWC, para cadeirantes, que fará a sua estreia nos Jogos Paralímpicos em Tóquio, Jéssica Messali está em Portugal para a reta final de preparação para o evento.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Jéssica Messali conheceu o esporte paralímpico em 2017, quatro anos após ter sofrido um acidente automobilístico que acabou deixando a atleta paraplégica. Mesmo com poucos anos de carreira, a atleta já acumula conquistas importantes na carreira, como três medalhas de ouro em Copas do Mundo do paratriathlon, duas pratas no World Series em Milão e Yokohama e duas medalhas de prata em Panamericanos.

Mais em Tóquio 2020