Siga o OTD

Tiro Esportivo

Brasil terá três atletas no tiro esportivo em Paris-2024

Geovana Meyer em ação durante disputa da carabina três posições do tiro esportivo; ela estará em Paris-2024
(Foto: Miriam Jeske/COB)

O Brasil terá três atletas no tiro esportivo nos Jogos Olímpicos de Paris-2024. O país não assegurou nenhuma vaga extra após o fechamento dos rankings olímpicos da modalidade, neste domingo (09), e contará com um representante masculino e duas no feminino. Os nomes dos convocados ainda serão anunciados pela CBTE (Confederação Brasileira de Tiro Esportivo).

Assim, o Brasil terá representantes na pistola de ar 10m masculina, conquistada após o ouro de Philipe Chateaubrian no Campeonato das Américas de 2022; na carabina 50m de três posições feminina, após a prata de Geovana Meyer no Campeonato das Américas de 2024; e no skeet feminino, obtida por Georgia Furquim após ser finalista no Campeonato das Américas de 2024.

Outras vagas poderiam vir através dos rankings olímpicos, que distribuíram entre uma e três cotas por prova e foram fechados após a disputa da etapa de Munique da Copa do Mundo de Rifle e Pistola, que ocorreu na última sexta-feira (08). O melhor posicionado foi Emerson Duarte, que beirou o top-50 na pistola de tiro rápido 25m – o último classificado foi o 17º colocado.

Vale destacar que todas as vagas do tiro esportivo não são nominais, ou seja, pertencem ao país e não ao atleta. Portanto, caberá à Confederação Brasileira de Tiro Esportivo (CBTE) definir quem serão os escolhidos para competir em Paris-2024 nestas vagas. A lista dos convocados poderá ser entregue à federação internacional até o dia 21 de junho.

Com os três representantes em Paris, o Brasil mostra um crescimento em relação à última edição olímpica, quando apenas Felipe Wu participou de Tóquio-2020 após conquistar vaga pelo ranking mundial. Wu foi medalhista de prata na Rio-2016 e medalhista de bronze no Pan de Santiago-2023 e poderá estar presente no megaevento da capital francesa.

Paulistano de 22 anos. Jornalista formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Estou no Olimpíada Todo Dia desde 2022. Cobri os Jogos Mundiais Universitários de Chengdu e os Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023.

Clique para comentar

Você deve estar logado para postar uma comentário Login

Deixe um Comentário

Mais em Tiro Esportivo