Siga o OTD

Thiago Monteiro - Foto: Daniel Zappe CBTM

Tênis de Mesa

Aos 39 anos, Thiago Monteiro sonha com quarta Olimpíada

Atleta diz que idade é empecilho e vê chances pequenas, mas mira defender o país pela quarta vez em uma edição de Jogos Olímpicos

Aos 39 anos, Thiago Monteiro ainda mira representar o Brasil em Tóquio no ano que vem (Daniel Zappe CBTM)

Aos 39 anos, Thiago Monteiro sonha com quarta Olimpíada

Aos 39 anos, Thiago Monteiro já dedicou bastante tempo de sua vida ao tênis de mesa. Atuando por clubes europeus há 22 temporadas, o mesa-tenista brasileiro nascido em Fortaleza acertou recentemente contrato com o Sporting, de Portugal, para seguir correndo atrás do seu grande sonho de disputar mais um Jogos Olímpicos na carreira.

Com um belo histórico de oito medalhas conquistadas em Jogos Pan-Americanos e três participações em Olimpíadas (Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012) pela seleção brasileira, o atleta contou durante a sua participação na live com o Olimpíada Todo Dia nesta quinta-feira (24) sobre a conquista pela seleção que mais lembra com carinho.

+ Time de Calderano estreia com vitória na Bundelisga

“A medalha de ouro nas duplas com o Hugo Hoyama em no Pan de Santo Domingo (em 2003) foi especial. Porque eu senti tirar um peso enorme de cima de mim. Eu sempre via os atletas pela TV e pensava ‘um dia quero ganhar uma também’, e aquela foi muito marcante pra mim”, relembrou o mesa-tenista.

Por mais uma Olimpíada

Além de relembrar os grande momentos vividos na seleção, Thiago Monteiro não escondeu que o seu grande sonho é fazer parte da equipe masculina que já tem vaga garantida para representar o país em Tóquio no ano que vem. No entanto, ele acredita que suas chances são baixas por conta do fator da idade.

“Eu não deixei de acreditar. Eu estou treinando, me dedicando. Mas o que me dizem é que como eu estou mais velho, querem colocar os mais novos. Então pra mim a concorrência não se limita somente à parte técnica, até porque eu continuo sendo top 100 do mundo e cheguei a ser o terceiro melhor do Brasil nos últimos anos. A questão da idade está sendo um fator que para a comissão técnica está sendo essencial”, revelou o mesa-tenista.

Thiago Monteiro representou o Brasil em três Olimpíadas (Abelardo Mendes Júnior/Rede do Esporte)

Seleção sempre foi prioridade

Atualmente ocupando a 84ª colocação no ranking mundial de simples masculino e sendo o número quatro entre os atletas brasileiros, Thiago Monteiro destaca que representar o país sempre foi uma prioridade em sua carreira.

“Minhas grandes memórias na carreira são na seleção brasileira. Eu moro hoje na Europa, para jogar em um time bom e contra adversários bons para me deixar preparado para representar a seleção. Esse sempre foi o meu raciocínio. Com o passar do tempo isso mudou um pouco e já coloco o clube no mesmo patamar de importância da seleção hoje. Mas isso explica a minha vontade de sempre representar o país e ainda quero jogar na seleção mais vezes antes de encerrar a minha carreira”, explicou.

Apesar da enorme vontade, o mesa-tenista cearense ressalta que não gostaria de ser convocado apenas em respeito à sua história pela camisa verde amarela, mas sim porque merece mais essa oportunidade.

Thiago Monteiro e Hugo Hoyama bronze no Pan de 2007
Thiago Monteiro e Hugo Hoyama foram bronze no Pan de 2007 (Wilson Dias/Agência Brasil)

“Eu também não gostaria de ser convocado por favor por exemplo. Tenho muito orgulho de ter conquistado tudo o que conquistei por mérito. Entendo a atual decisão do técnico e estou tentando fazer o que eu posso para mudar isso e quem sabe conseguir a minha vaga”, completou.

Caminho bonito

 A trajetória de Thiago no esporte é especial. Desde que deixou o Brasil aos 18 anos para atuar na liga sueca, o atleta nunca mais retornou e acumula 22 anos atuando pelas principais ligas europeias, como Alemanha, França.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

“Alguns jogadores vieram (para a Europa), ficaram alguns anos e voltavam, mas eu decidi ficar aqui. No Brasil, os atletas de São Paulo conseguem manter um bom ritmo de treino. Como sou de Fortaleza, eu precisaria morar em São Paulo. Aqui é minha casa, nunca vai ser como o Brasil, mas minha vida é aqui”, declarou o atleta que vive com a esposa e filho na França.

Thiago Monteiro tênis de mesa
Thiago Monteiro estreia pelo Sporting na próxima semana na Supertaça de Portugal (Instagram/sportingmodalidades)

Para a próxima temporada, o atleta seguirá na Europa após ter firmado contrato com o Sporting, de Portugal, clube que já contava com a brasileira Bruna Takahashi em seu plantel de tênis de mesa. Olhando para trás por toda a sua trajetória, o atleta não esconde que se sente realizado pela carreira que construiu.

“Posso dizer que trilhei um caminho bonito. Conquistei o meu espaço com mérito, sempre respeitando os valores do esporte. Hoje posso dizer que sou respeitado por onde passo e por outros atletas do meio e isso me orgulha muito na minha trajetória”, completou.

Mais em Tênis de Mesa