Siga o OTD

Tênis

Felipe Meligeni e Rafael Matos faturam Challenger de Montevidéu

Na capital do Uruguai, brasileiros conquistam o 3º título juntos e subirão ainda mais no ranking

Felipe Meligeni e Rafael Matos - Challenger de Montevidéu - campeões
(instagram/femeligeni)

O tênis brasileiro conquistou um título internacional nesse sábado (13). O gaúcho Rafael Matos e o paulista Felipe Meligeni foram campeões do torneio de duplas no Challenger de Montevidéu, no Uruguai.

Na grande decisão, os brasileiros superaram o uruguaio Ignacio Carou e o italiano Luciano Darderi por duplo 6/4 em 1h08 de partida. Ambos sacaram muito bem e souberam aproveitar as chances de quebra que tiveram. Para se ter uma ideia, foram cino chances, quatro delas convertidas em games a favor.

+Daniel Dutra Silva e Gustavo Heide vencem nas duplas em Goiás

Este é o terceiro título da parceria. Rafael Matos e Felipe Meligeni já haviam conquistado o ATP de Córdoba, na Argentina, e também o Challenger de Como, na Itália.

Com a vitória, Rafael Matos e Felipe Meligeni ganham 80 pontos e podem melhorar ainda mais no ranking da ATP. Atualmente, os dois ocupam as melhores posições de suas carreiras. O gaúcho de 25 anos é o 73º, enquanto que o paulista ocupa o 82º lugar.

Que pena, Thiago

Thiago Monteiro vice Challenger de Buenos Aires tênis
(instagram/thiagomonteiro94)

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Na chave de simples, não deu para Thiago Monteiro. Ontem, o número 95 do ranking, não tinha pela frente nenhum bicho-papão, já que Juan Ignacio Londero é apenas o 159º colocado no ranking. Mas, novamente, o brasileiro começou muito mal na partida, tendo que salvar break points e sempre correndo atrás do prejuízo. E olha que Thiago Monteiro conseguiu salvar um set point, mas não resistiu e perdeu a primeira parcial.

O jogo foi outro no segundo set, com o brasileiro abrindo 4 a 2 e tendo uma boa vantagem a seu favor. Mas o empate em 4 a 4 veio e Thiago Monteiro começou a se complicar. O tie-break foi de um homem só, Londero abriu 6 a 1 de vantagem e deixou o adversário nas cordas. Cabisbaixo, o tenista brasileiro nada pôde fazer e foi eliminado do Challenger de Montevidéu.

Mais em Tênis

viagra