Siga o OTD

Tênis

Bruno Soares e Luisa Stefani avançam na chave de duplas do US Open

Na chave de duplas do US Open de 2021, Bruno Soares, que joga com Jamie Murray, e Luisa Stefani, que atua com Gabriela Dabrowski, estão nas quartas de final

Bruno Soares e Luisa Stefani estão nas quartas do US Open
Divulgação

O Brasil segue vivo no US Open de 2021. No dia de duelos pelas oitavas de final do Grand Slam americano, Bruno Soares e Luisa Stefani venceram seus jogos. Nesta segunda-feira (6), Bruno, que é o atual campeão do torneio de duplas masculinas, venceu o alemão Dominik Koepfer e o finlandês Emil Ruusuvuori por 2 sets a 1 e avançou com Jamie Murray. Já Luisa, que joga com Gabriela Dabrowski, superou as ucranianas Yastremska e Kostyuk pelo mesmo placar.

-‘A cabeça queria, mas o físico não está pronto’, diz Caio Ribeiro sobre pódio em Tóquio

Bruno Soares e Jamie Murray estão nas quartas

Foi em um duelo muito duro, mas o Brasil está nas quartas de final do US Open de 2021. Jogando ao lado de Jamie Murray, Bruno Soares venceu mais uma nos Estados Unidos. Na partida pelas oitadas de final, a dupla do tenista brasileiro enfrentou e venceu alemão Dominik Koepfer e o finlandês Emil Ruusuvuori por 2 sets a 1, em pouco mai de 2h20min.

Cabeça de chave número sete do US Open, Bruno Soares/Jamie Murray teve que passar por dois tie break para sair com a vaga. No primeiro set de partida, com cada uma das duplas mantendo o saque, a definição saiu no desempate, com vantagem para Soares e Murray, fazendo 7/6.

Bruno Soares - Jamie Murray - Australian Open
(twitter/ATPWorldTour_ES)

O equilíbrio se manteve na segunda parcial. Atrás do placar, Daminik Koepfer e Emil Ruusuvuori tentaram arriscar mais a cada game, mas Bruno e Jamie, campeões do Grand Slam americano em 2016, mantiveram a igualdade e a definição dos vencedores saiu mais uma vez no tie break. Nele, a dupla europeia foi melhor, fechou em 7/6 e forçou o terceiro set.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Nele, a dupla do tenista brasileiro atuou melhor do começo ao fim. Aproveitando todas as chances, Bruno e Jamie abriram vantagem no marcador e fecharam a parcial com tranquilidade, fazendo 6/1, e saíram com a vitória por 2 sets a 1. Na próxima rodada, Bruno e Jamie terão a difícil missão de enfrentar o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horacio Zeballos, os cabeças de chave 2.

Palavra do brasileiro

“Foi mais um jogo duríssimo por aqui. Muito feliz mesmo de poder fazer mais uma quartas de final num Grand Slam, ainda mais em Nova York, que gosto muito das condições e é o meu melhor Slam. Foi uma partida muito disputada e decidida no detalhe. Acho que a chave do jogo foi ter começado o terceiro set bem firme. No fim do segundo set nós sentamos ali, conversamos e resetamos a cabeça. Sabíamos que era necessário começar o terceiro set com tudo e deu tudo certo. Espero que a gente consiga seguir assim, passo a passo e rumo à final”, disse o mineiro.

Luisa Stefani e Gabriela Dabrowski vencem de virada e estão entre as oito melhores

Embaladas na temporada, Luisa Stefani e Gabriela Dabrowski começaram a partida desta segunda-feira com tudo. Com uma quebra logo no primeiro game, a dupla da tenista brasileira abriu vantagem no primeiro set logo de cara e jogou uma quebra acima a maior parte do tempo na parcial. Na reta final, as ucranianas Yastremska e Kostyuk cresceram, devolveram a quebra e passaram a frente, com 5 a 4.

+ RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

No game seguinte, Luisa Stefani foi para o saque pressionada. Precisando confirmar o serviço para se manter viva no set, a dupla da tenista brasileira chegou a salvar um set point antes de fechar e fazer o 5 a 5. Na sequência do duelo, cada uma das duplas confirmou seu serviço mais uma vez e a definição ficou para o tie break. Nele, Yastremska e Kostyuk começaram melhor e abriram vantagem, com 5 a 1. Na reta final, mesmo com a reação de Stefani e Dabrowski, as ucranianas fecharam em 7 a 5, fazendo 7/6.

A dupla da tenista brasileira começou a segunda parcial sofrendo uma quebra de saque e passou a jogar atrás do placar no segundo set. No oitavo game, Luisa Stefani e Gabriela Dabrowski cresceram, aproveitaram os erros das adversárias e empataram em 4 a 4. Em seguida, a dupla da tenista brasileira confirmou o saque e se colocou em vantagem pela primeira vez na parcial.

Luisa Stefani - Matheus Pucinelli - Orlando Luz
Divulgação

No game de definição, Yastremska e Kostyuk sentiram. Sacando para seguir viva no set, as ucranianas não mantiveram o mesmo nível de jogo e Stefani e Dabrowski aproveitaram. Em seu primeiro set point da partida, a dupla da representante do Brasil aproveitou, fez 6/4 e empatou o duelo.

Na terceira parcial, as duas duplas começaram confirmando seu serviço até o terceiro game. No quarto, Luisa e Gabriela cresceram, colocaram as ucranianas em dificuldade e conseguiram a quebra, fazendo 3 a 1. Em seguida, Stefani/Dabrowski confirmou mais uma vez o saque, abriu 4 a 1 e colocou pressão nas adversárias.

Com a vantagem no marcador, bastou para Luisa Stefani e Gabriela Dabrowski confirmar o serviço para fechar a parcial em 6/2 e a virada no duelo para 2 sets a 1. Nas quartas de final, a dupla da tenista brasileira aguarda a definição das oponentes.

“Grande vitória, jogo difícil. Muito, muito bom ganhar um jogo assim. Estava ventando. Tanto eu quanto a Gabi passamos por momentos difíceis mentalmente. Então foi um jogo emocionalmente puxado. Gostei da maneira como seguramos a onda e viramos. Isso é importante, passar por umas adversidades. Temos bastante a aprender com esse jogo, mas levar de maneira positiva em como conseguimos ganhar no final, que é o mais importante e mais uma chance na próxima rodada”, comemorou Luisa.

Mais em Tênis

viagra