Siga o OTD

Tênis

João Menezes vence ‘maratona’ em San Marino e avança; Melo cai em Toronto

Mineiro teve mais de cinco horas jogadas em simples e em duplas; ao lado de Kubot, Marcelo Melo é eliminado do Masters 1000

João Menezes - Challenger de San Marino 2021
(Divulgação)

A quinta-feira (12) foi de altos e baixos para o tênis brasileiro. Por um lado, João Menezes venceu duas longas partidas no Challenger de San Marino. Por outro, a dupla Marcelo Melo e Lukasz Kubot (Polônia) foi derrotada no Masters 1000 de Toronto e acabou eliminada.

+Luisa Stefani e Gabriela Dabrowski estão nas quartas do WTA de Montreal

Jogos infinitos

Duas vitórias e muitas horas na quadra para João Menezes nesta quinta-feira no Challenger de San Marino. Primeiro, o mineiro enfrentou uma batalha de 3h46min e três tie-breaks para avançar às quartas de final de simples.

Pouco depois, já estava jogando de novo, ao lado do parceiro gaúcho Rafael Matos, encerrando a maratona do dia nas duplas. Eles venceram o confronto entre parcerias brasileiras, diante do paulista Felipe Meligeni e do gaúcho Orlando Luz, em 1h20min.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Menezes volta à quadra nesta sexta-feira (13), jogando novamente em simples e duplas com Rafael Matos. Às 12h (horário de Brasília), na quadra central, em busca de vaga na semifinal, enfrenta o dinamarquês Holger Vitus Nodskov Rune (191), que derrotou o italiano Salvatore Caruso – cabeça de chave 3 e 113 do mundo: 2/6, 7/6 (7-4) e 6/2.

Outro brasileiro na disputa nas duplas no Challenger de San Marino, Oscar Gutierrez e o espanhol Nikolas Izquierdo foram eliminados. Enfrentando os americanos King e Schnur, a dupla do tenista brasileiro fez um duelo extremamente equilibrado e perdeu por 2 sets a 1 no vai a dois do super tie break, com parciais de 6/7, 7/6 e 11/9.

As maratonas

Em simples, João Menezes – número 4 do Brasil e 233 do mundo – derrotou o italiano Francisco Forti (352 do ranking), que veio do qualifying, de virada, por 2 sets a 1, parciais de 6/7 (2/7), 7/6 (7/2) e 7/6 (11/9). Sem tempo para respirar, o mineiro foi as duplas e venceu ao lado de Rafael Matos 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3, e está na semifinal.

“Não sei nem o que falar da partida de hoje diante do Forti. Eu só fui jogando ponto a ponto e dando o máximo que eu podia em quadra”, comentou Menezes.

Mais tarde, Menezes e Matos jogam contra os norte-americanos Evan King e Max Schnur, valendo lugar na decisão do torneio. 

No primeiro jogo do dia, um set inicial sem quebras foi decidido no tie-break, em que Forti dominou e venceu por 7-2. No segundo, Menezes conseguiu o break no sexto game, abrindo 4/2, mas Forti devolveu em seguida, deixando tudo igual. Novo tie-break, com o mineiro dominando e devolvendo o 7-2. O jogo foi para o terceiro set. Mais uma vez, Menezes ficou em vantagem, quebrando para marcar 2/1. O adversário igualou tudo novamente no 5/5. E aí foram para um disputado e equilibrado tie-break final, que terminou com a vitória do mineiro por 11-9.

Nas duplas, Menezes e Matos começaram quebrando no terceiro game, 2 a 1. Mas, Meligeni e Luz devolveram, deixando tudo igual. Um novo break, no 11º game, colocou novamente o mineiro e o gaúcho em vantagem, que fecharam na sequência em 7/5. Depois, no segundo set, com um break no quinto game, ficaram à frente e venceram por 6/3. 

Queda nas oitavas

O mineiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot – cabeças de chave número 5 – pararam nas oitavas de final do Masters 1000 de Toronto, no Canadá. Nesta quinta-feira (12), o russo Aslan Karatsev e o sérvio Dusan Lajovic marcaram 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/4, em 1h18min. A dupla segue, agora, para a disputa do Masters 1000 de Cincinnati, com início marcado para este domingo (15), nos Estados Unidos, em mais um torneio da sequência até o US Open. O Grand Slam começa no dia 30 deste mês, em Nova York.

“Eles jogaram muito bem, em especial o Karatsev, que não errou uma bola. Tentamos fazer de tudo, trocamos de estratégia, mas não deu. Agora partimos para Cincinnati amanhã (sexta)”, afirmou Marcelo Melo.

No primeiro set, os adversários quebraram no sétimo game, 4/3, abrindo em seguida 5/3, para depois vencer a série por 6/4. Com mais um 6/4, avançaram no torneio, após conseguirem um break no nono game do segundo set. 

No ranking mundial individual de duplas divulgado na segunda-feira (9) pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Melo subiu uma posição e está em 18º lugar, com 5.130 pontos. Kubot aparece na 17ª colocação, também com 5.130.

Lukasz Kubot Marcelo Melo tênis duplas - Masters 1000 de Toronto - João Menezes - San Marino
Kubot, parceiro de Marcelo Melo no Masters 1000 de Toronto (Fotojump)

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Tênis