Siga o OTD

Bia Haddad - Gabriela Cé - Orlando Luz - Matheus Pucinelli

Tênis

Bia Haddad cai nas quartas na França; Cé e Luz vão à semifinal na Turquia

Bia Haddad perde de virada nas quartas de final. Gabriela Cé e Orlandinho fazem semi de simples e final de duplas

Bia Haddad cai nas quartas na França; Cé e Luz vão à semifinal na Turquia

A sexta-feira (14) foi de bons resultados para o tênis brasileiro nos ITFs ao redor do Mundo. Na Turquia, os cabeças de chave um, Gabriela Cé e Orlando Luz confirmaram o favoritismo e garantiram vaga nas semifinais. O mesmo fez Matheus Pucinelli na Bósnia, superando uma rodada dupla. No entanto, Bia Haddad acabou eliminada pela favorita do torneio na França, parando nas quartas de final.

No principal ITF da semana, o W60 de Saint-Gaudens, não deu para Bia Haddad. A paulista tentou se recuperar no segundo set, mas não conseguiu superar a suíça cabeça de chave um, Viktorija Golubic, com parciais de 6/7 (2-7), 6/4 e 6/2, depois de 2h48 de jogo.

+Antônio Tenório e Ana Marcela puxam fila de vacinação dos atletas para Tóquio

Vale lembrar que Bia Haddad está fora do Brasil há 3 meses e havia tirado uma semana para descansar e recarregar as energias em Portugal antes de partir para a França.

Chuva de semifinais e decisões

Gabriela Cé é a número um do Brasil em simples feminino (Instagram/gabiviannace)

Já no ITF W15 de Antalya, na Turquia, Gabriela Cé, cabeça de chave número um, confirmou o favoritismo e garantiu vaga na semifinal de simples ao bater a atleta da casa Ilay Yourk por 7/6 (11-9) e 6/1. Assim, ela encara a italiana Aurora Zantedeschi por uma vaga na final. E nas duplas, Cé e a romena Cristina Dinu venceram a semi contra Vanessa Ersoz e Melis Uyar por 6/0 e 6/4 para avançar à decisão. As adversárias serão, então, as alemãs Katharina Hering e Natalia Sledliska, que eliminaram as cabeças de chave três.

Ainda na Turquia, no torneio masculino, Orlando Luz também segue vivo nas duas chaves. Em simples, o cabeça de chave um superou o polonês Daniel Mishalski, cabeça cinco, por 6/3 e 6/4. Agora, na semifinal, enfrenta o austríaco Alexander Erles, cabeça três, e busca sua primeira final no ano. Além disso, nas duplas, ele e Gabriel Sidney estão na final, depois de vencerem os suecos Karl Friberg e Simon Yitbarek por 6/4 e 7/6 (7-5). Na decisão, eles encaram, então, os argentinos Ignacio Monzon e Fermin Tenti.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Por fim, no ITF M15 de Prijedor, na Bósnia, Matheus Pucinelli avançou às quartas de final. Ele superou o croata Bozo Barun, vindo do quali, por duplo 6/1, e entrou em quadra novamente para enfrentar o cabeça de chave dois, Nerman Fatic. Desta vez, no entanto, ele acabou perdendo de virada, por 2/6, 6/4 e 6/4. E João Lucas Reis também foi eliminado na Bósnia, sendo superado pelo cabeça seis, o atleta da casa Aldin Setkic, por duplo 6/2.

Mais em Tênis