Siga o OTD

Marcelo Demoliner - Bruno Soares - Masters 1000 de Roma

Tênis

Marcelo Demoliner vence Bruno Soares na estreia do Masters 1000 de Roma

Bruno Soares sofre segunda derrota seguida em estreias de Masters 1000, enquato Demoliner avança às oitavas com Medvedev

(Instagram/mdemoliner)

Marcelo Demoliner vence Bruno Soares na estreia do Masters 1000 de Roma

Um duelo brasileiro agitou o primeiro dia da chave de duplas do Masters 1000 de Roma, na Itália. Nesta segunda-feira (10), Bruno Soares e Jamie Murray encararam Marcelo Demoliner e Daniil Medvedev e levaram a pior. O mineiro e o britânico saíram na frente, mas levaram a virada e perderam por 2 a 1, com parciais de 3/6, 7/6 (7-5) e 10-4.

Assim, Marcelo Demoliner e Daniil Medvedev avançam às oitavas de final e ainda aguardam os vencedores do duelo entre Lorenzo Sonego/Andrea Vavassori e Adrian Manarinno e Benoit Paire. Vale lembrar que a dupla chegou à mesa fase na semana passada, no Masters 1000 de Madri.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Do outro lado, no entanto, Bruno Soares e Murray repetem o resultado da semana passada, também na capital espanhola. Na ocasião, eles foram eliminados na estreia em outro duelo braisleiro, diante de Marcelo Melo e Jean-Julien Roger.

Por fim, além de Demoliner e Soares, o Brasil ainda segue com duas duplas vivas no Masters 1000 de Roma. Luisa Stefani e Hayler Carter, vindas de um vice-campeonato na França, estreiam nesta terça (11), contra Caroline Garcia e Nadia Podoroska. No masculino, Marcelo Melo joga ao lado de Marin Cilic e encaram Horia Tecau Kevin Krawietz.

João Menezes entra como lucky loser; Thiago Wild avança na Croácia

Depois de chegar às quartas de final em simples e duplas na semana passada na Itália, João Menezes seguiu para a Alemanha, mas não passou na estreia. Na primeira rodada do quali do Challenger de Heilbronn, o mineiro foi derrotado pelo francês Maxime Janvier em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/1.

No entanto, João Menezes contou com desistências na chave principal para garantir uma vaga no torneio alemão. O adversário da estreia será o turco Ergin Kirkin, vindo do quali. “Vamos que vamos. Hoje foi um dia muito complicado, estava ventando bastante. Eu não vinha sacando muito bem desde o início do jogo, mas no segundo [set], em função do vento, foi pior. E daí ele começava mandando muito facilmente nos pontos, principalmente no meu saque… Agora é seguir e focar nessa estreia”, explicou.

Ainda nesta segunda-feira (10), Thiago Wild fez sua estreia no Challenger de Zagreb, na Croácia, e teve bastante trabalho. Ele encarou o russo Roman Safiullin, número 179 do mundo, saiu atrás atrás, perdendo o primeiro set de 6/0, mas conseguiu se recuperar, vencendo a partida por 0/6, 7/5 e 7/5. Agora, o paranaense aguarda o vencedor do duelo entre Ernests Gulbis e Borna Gojo.

Mais em Tênis