Siga o OTD

Luisa Stefani e Hayley Carter - Final Abu Dhabi

Tênis

Luisa Stefani fica com o vice no WTA 500 de Abu Dhabi

Luisa Stefani fica com o vice de duplas do WTA de Abu Dhabi, mas semana rendeu ranking histórico para a brasileira

(divulgação/Arquivo Pessoal)

Luisa Stefani fica com o vice no WTA 500 de Abu Dhabi

Não deu para Luisa Stefani. Nesta quarta-feira (13), na grande final do WTA 500 de Abu Dhabi, a brasileira e a parceira Hayley Carter foram derrotadas pelas cabeças de chave cinco, as japonesas Eni Shibahara e Shuko Aoyama, e ficaram com o vice-campeonato.

O duelo foi equilibrado do começo ao fim, mas uma quebra crucial no segundo set foi definitiva para que as japonesas conquistassem o título pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (5) e 6/4.

Com o resultado, Luisa Stefani chega ao quarto vice-campeonato em torneios WTA, o terceiro com Hayley Carter. Esta foi a sexta final da brasileira, que soma os títulos em Taskent, no Uzbequistão, em 2019, e em Lexington, nos EUA, em agosto passado, ambos com a estadunidense.

Além disso, a campanha rende a estreia de Luisa Stefani no top 30 da WTA, se tornando a primeira brasileira na história a figurar entre as 30 melhores do mundo desde que o ranking feminino foi criado em 1975. Até então, a melhor colocação havia sido a de Niege Dias, 31ª colocada em simples em dezembro de 1988.

Luisa Stefani e Hayley Carter - Final Abu Dhabi
(divulgação/Arquivo Pessoal)

“No geral foi uma boa semana, foram cinco ótimos jogos contra boas jogadoras. Além de ganhar a intenção era colocar em prática o que vinha treinando na pré-temporada e foi atingido pois nos colocamos em posição para vencer o torneio. Teremos agora duas semanas diferentes de quarentena na Austrália, menos tempo em quadra, super bom que nessa semana conseguimos jogar muitos jogos, treinar com duplas diferentes, conseguir esse ritmo”, disse a brasileira.

Agora, ela segue direto para Melbourne para fazer as duas semanas de quarentena e inicia no dia 31 a disputa do WTA 500 local e na sequência, a partir do dia 8, disputa o Australian Open.

O jogo

O primeiro set foi equilibrado do começo ao fim, com duas quebras de serviço para cada lado. Luisa Stefani e Hayley Carter chegaram a abrir 4/2, mas cederam o empate e a virada, conseguindo forçar o tie-break na sequência.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Assim como em toda a parcial, o desempate foi parelho, com mini-breaks para as duas duplas, deixando a definição em aberto. No detalhe, Ena Shibahara e Shuko Aoyama chegaram ao set point e não desperdiçaram a chance, largando na frente na briga pelo título.

O segundo set seguiu o mesmo roteiro do primeiro. Luisa Stefani e Carter conseguiram uma quebra logo no segundo game, mas novamente não confirmaram a vantagem e parcial seguiu empatada. No sexto game, entretanto, as japonesas chegaram a uma quebra crucial e a brasileira e a estadunidense não conseguiram se recuperar. Shibahara e Aoyama sacaram para o jogo e confirmaram o título.

“Jogo foi bom, jogamos bem principalmente no primeiro set. Foi nem no detalhe. Elas jogaram melhor nos pontos importantes, no tie-break. No segundo set estavamos no 2/0, tivemos algumas chances de ficarmos acima, mas ela voltaram bem. Elas foram inteligentes no saque e isso fez a diferença”, avaliou Luisa Stefani.

REVEJA: FINAL WTA 500 DE ABU DHABI
LUISA STEFANI/HAYLEY CARTER X ENA SHIBAHARA/SHUKO AYOAMA

Mais em Tênis