Siga o OTD

Marcelo Melo - Marcelo Melo e Lukasz Kubot

Tênis

Marcelo Melo avança na Áustria e encara algozes de Soares

Classificado para a semifinal, brasileiro e seu companheiro polonês enfrentarão algozes de Bruno Soares

Marcelo Melo buscará vingar derrota de Bruno Soares na semifinal de torneio austríaco (Divulgação/ATP)

Marcelo Melo avança na Áustria e encara algozes de Soares

A Áustria segue sendo favorável para Marcelo Melo. Disputando o ATP 500 de Viena ao lado de seu parceiro, o polonês Lukasz Kubot, o brasileiro está classificado para as semifinais do torneio, após bater o austríaco Jurgen Melzer e o francês Edouard Roger-Vasselin por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 6/3.

Os próximos rivais da dupla serão os alemães Kevin Krawietz e Andreas Mies, atuais campeões de Roland Garros e que eliminaram Bruno Soares no ATP 500 de Viena nesta quinta-feira.

Marcelo Melo e Kubot disputaram dois torneios seguidos em Colônia, na Alemanha, onde foram vice-campeões e chegaram às quartas de final dos ATP 250. Depois de Viena, Melo e Kubot jogam o Masters 1000 de Paris, onde foram campeões em 2017. O brasileiro ainda tem mais uma conquista, em 2015, ao lado do croata Ivan Dodig.

Vale lembrar que o objetivo da dupla neste final de temporada é buscar um lugar no ATP Finals, que reúne as oito melhores parcerias do ano, de 15 a 22 de novembro, em Londres. Na corrida para a capital inglesa, no ranking divulgado na segunda-feira (26), Marcelo Melo e Lukasz Kubot ocupam o 11º lugar.

Bruno Soares é eliminado

Cabeça de chave número um ao lado de Mate Pavic, o brasileiro Bruno Soares foi eliminado nas quartas de final em Viena por seus algozes de Roland Garros, Kevin Krawietz e Andreas Mies. Os atuais bicampeões do Grand Slam francês venceram por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 4/6 e 10/8.

+Veja todas as notícias sobre tênis

Bruno Soares e Mate Pavic eram os principais cabeças de chave em Viena e já estão classificados para o ATP Finals, em Londres, já que são a terceira melhor dupla do ano. Agora, depois da competição austríaca, eles seguem para o Masters 1000 de Paris, na França.

ITFs

A quinta-feira também foi agitada para as duplas brasileiras, mas os resultados não foram tão bons. No ITF de Vale do Lobo, em Portugal, o único representante do país a avançar foi João Lucas Reis. Ele e Khumoyun Sultanov, do Uzbequistão, despacharam o argentino Pedro Cachin e o espanhol Nikolas Isquierdo por 6/0 e 6/3.

Assim, eles avançam à semifinal e terão pela frente os cabeças de chave três e algozes de Rogério Dutra Silva, o Rogerinho, que acabou derrotado nas quartas de final no seu retorno às quadras depois de quase um ano. Rogerinho e seu parceiro Nicolas Barrientos foram superados pelos holandeses Jesper De Jong e Jelle Sels, por 7/6 (7-5), 6/7 (2-7) e 10/7.

Além disso, Wilson Leite também acabou eliminado, junto do alemão Sebastin Fanselow. Eles perderam para os cabeças de chave quatro e atletas da casa, Nuno Borges e Francisco Cabral, por 7/6 (8-6), 2/6 e 10/1. Por fim, na chave de simple, Matheus Pucinelli era o único remanescente do Brasil, mas também deu adeus ao torneio, ao ser superado pelo francês Maxime Hamou, por 6/3, 6/7 (2-7) e 6/3.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Já no ITF M15 de Monastir, na Tunísia, resultado bom para o Brasil. Gabriel Roveri avançou à semifinal ao lado do argentino Facundo Juarez. Eles venceram o dono da casa Moez Echargui e o francês Jean Thirouin em sets diretos, com parciais de 7/6 (7-2) e 6/3.

Por fim, no ITF W15 também em Monastir, Rebeca Pereira e Barbara Gatica, as cabeças de chave número um, foram eliminadas nas quartas de final. Elas perderam para a búlgara Dia Evtimova e a francesa Carole Monnet, por duplo 6/4.

Mais em Tênis