Siga o OTD

Thiago Monteiro Challenger de Forli vice

Tênis

Monteiro e Stefani são vice, Bia e Ingrid fazem final em Porto

Thiago Monteiro, na Itália, e Luisa Stefani, França, ficam com vice. Já Bia Haddad e Ingrid Martins farão a final do Porto

Pelo Challenger de Forli, na Itália, Thiago Monteiro perde final e fica com o vice (Instagram/thiagomonteiro94)

Monteiro e Stefani são vice, Bia e Ingrid fazem final em Porto

Um dia de muito tênis e de fortes emoções. Na final do Challenger de Forli, Itália, Thiago Monteiro foi superado por Lorenzo Musetti, italiano de apenas 18 anos, e ficou com o vice, assim como Luisa Stefani nas duplas do WTA de Estrasburgo, na França. Já em Portugal, pelo ITF de Porto, Bia Haddad e Ingrid Martins venceram semifinais e vão decidir o título.

Só que muito outros brasileiros estiveram em ação neste sábado (26) nos mais diferentes torneios ao redor da Europa. E o saldo foi positivo.

Vice em Forli

Tenista número um do Brasil e 89º no ranking mundial, Thiago Monteiro foi superado pelo jovem Lorenzo Musetti em um 2 a 0 pegado: 7/6 (2) e 7/6 (5).

“Foi um jogo duro. Estava com muito vento e meio difícil de jogar. O Musetti é muito habilidoso e jogou melhor nos momentos importantes. Ele é um cara novo e tem um grande futuro pela frente. Eu não comecei tão bem no jogo. Foi uma final dura, com dois sets no tie-break e duas horas de jogo. Mas o que vale foi essa boa semana e a confiança de vários jogos seguidos, que era o meu principal objetivo”, afirmou o cearense.

Esta foi a oitava final de Challenger de Monteiro, que já foi campeão neste nível em cinco oportunidades: Aix en Provence (2016), Braunschweig (2019), Lima (2019) e Punta del Este (2019 e 2020).

Agora ele parte para Paris, para disputar o torneio de Roland Garros. No domingo (27), o brasileiro enfrenta o georgiano Nikoloz Basilashvili, cabeça de chave 31 e o 33º do ranking, em um confronto inédito.

“Disputei mais uma final, o que é sempre bom para a confiança, mas agora já estou focado em Roland Garros, indo para Paris e é concentrar para fazer uma boa estreia”, completou Monteiro.

Vice em Estrasburgo

Ao lado da parceira Hayley Carter, dos Estados Unidos, Luisa Stefani perdeu a final para a Nicole Melichar, também dos EUA, e a holandesa Demi Shcuurs por 6/4 e 6/3.

Stefani buscava o terceiro título de duplas na WTA, a elite do circuito profissional. O saque não funcionou no primeiro set, principalmente no segundo serviço, e a dupla da brasileira foi quebrada três vezes.

stefani carter wta de estrasburgo
Stefani e Cartar vão jogar Roland Garros (instagram/luisastefani/arquivo)

Stefani e Carter até tiveram chances de se recuperar na parcial, mas saíram atrás no jogo. O segundo set, por outro lado, foi todo das adversárias, que não cederam nenhum chance de quebra.

Atual 33ª no ranking de duplas, Stefani precisa de uma campanha longa em Roland Garros para superar a barreira das 30 melhores do mundo.

Título será do Brasil

O título de simples do ITF de Porto será brasileiro. Na primeira semifinal, Bia Haddad passou pela espanhola Marina Bassols, cabeça de chave 5, por 6/3 e 7/6 (7-5), depois de sair de 1/5 no segundo set. Já Ingrid Martins também garantiu seu lugar na decisão, ao superar a finlandesa Anastasia Kulikova, por 6/3, 6/7 (4-7) e 6/4.

Ingrid e Bia conquistaram o título de duplas do ITF de Figueira da Foz, também em Portugal, há duas semanas.

bia haddad ingrid martins itf thiago monteiro challenger
Bia Haddad e Ingrid Martins, campeãs do ITF de Figueira da Foz, em Portugal (Instagram/biahaddadmaia)

A favorita é Bia Haddad, que vem de dois títulos e um vice após retornar às quadras. Para se ter uma ideia, a tenista somou a 18ª vitória em 19 jogos desde o recomeço do circuito após a pandemia.

Ainda pelo ITF de Porto, mas na final de duplas, Carolina Meligeni e a parceira espanhola Marina Ribera tiveram sua partida interrompida. Elas jogavam contra a espanhola Julia Payola e a japonesa Himeno Sakatsume, quando a final foi paralisada.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

A dupla da brasileira liderava por 5 a 2 e sacava para fechar o primeiro set. A partida final deve ser retomada no domingo (27).

Conquistando Portugal

No masculino, a dupla formada por Mateus Alves e Igor Marcondes faturou o título do ITF de Castelo Branco. Na final, os brasileiros bateram Eduardo e Emilio Nava, dos Estados Unidos, por 2 sets a 1, parciais de 7/6, 5/7 e 10/8, em quase uma hora e quarenta minutos de partida.

Quali

Pelo Challenger de Split, na Croácia, três brasileiros avançaram para a última rodada do qualificatório. Pedro Sakamoto, Orlando Luz e Guilherme Clezar seguem na briga por uma vaga na chave principal. Rafael Matos acabou derrotado.

Na última rodada, Pedro Sakamoto vai encarar o sérvio Pedja Krstin, Orlando Luz pega o tunisiano Malek Jaziri e Guilherme Clezar enfrenta o chileno Marcelo Vera. É ganhar e entrar na chave principal.

Quem já está na chave principal no Challenger de Split é João Menezes, que terá pela frente na primeira rodada do croata Duje Ajdukovic.

Mais em Tênis