Siga o OTD

Surfe

WSL confirma convidados para etapa de Saquarema do Mundial

Os brasileiros João Chianca, Yago Dora e Michael Rodrigues e os peruanos Miguel Tudela e Sol Aguirre são os convidados da etapa de Saquarema

João Chianca é um dos convidados da etapa de Saquarema do Mundial de surfe
João Chianca é o representante de Saquarema na etapa brasieira do Mundial de surfe (Aaron Hughes / World Surf League)

A World Surf League (WSL) confirmou nesta segunda-feira os convidados para a etapa de Saquarema do Mundial de surfe, cuja janela de competição começa na próxima quinta-feira. O surfista local da cidade, João Chianca, os também ex-tops da elite, Yago Dora e Michael Rodrigues, e os peruanos Miguel Tudela e Sol Aguirre, terão a chance de enfrentar os melhores atletas do mundo na Praia de Itaúna. Uma arena enorme, com mais de 3.000 m2 de área construída, vai marcar o retorno da etapa brasileira na “Capital Nacional do Surfe”, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

João Chianca, o Chumbinho, é o wildcard (convidado) da etapa de Saquarema. Yago Dora vai entrar no lugar do contundido Kelly SlaterMichael Rodrigues ocupará a vaga do lesionado John John Florence, por ser o brasileiro mais bem colocado no ranking 2022 do WSL Challenger Series. O também havaiano Seth Moniz, é outro que segue se recuperando de contusão e será substituído pelo peruano Miguel Tudela, atual líder do ranking regional da WSL Latin America, mesmo critério utilizado para convidar a peruana Sol Aguirre.

+Filipe Toledo é vice-campeão da etapa de El Salvador da WSL

Miguel Tudela e Sol Aguirre ganharam duas etapas seguidas do WSL Qualifying Series na América do Sul, em Galápagos no Equador e em Iquique no Chile. Miguel já participou do CT de Pipeline duas vezes, mas essa será a primeira experiência da jovem Sol Aguirre na divisão de elite do esporte. Michael Rodrigues e João Chianca também têm vitórias no Circuito Regional da WSL Latin America esse ano. Michael ganhou a da Praia Mole em Florianópolis e Chumbinho venceu a encerrada no último sábado, na Prainha do Rio de Janeiro.

+Filipinho mantém ponta, Ítalo entra no G-5 e Medina é o 23º

Já Yago Dora é o primeiro substituto para esta segunda metade da temporada 2022 do Mundia de surfe. Ele contundiu o pé no final do ano passado e só voltou a competir na sexta etapa em G-Land, na Indonésia, na vaga do havaiano Seth MonizYago também participou semana passada no torneio de El Salvador, que terminou na última sexta-feira. Ele acertou um aéreo incrível nas direitas de Punta Roca, que valeu a maior nota do evento, 9,00. Depois, perdeu para Filipe Toledo nas oitavas de final. 

O MELHOR DA HISTÓRIA 

O vice-campeão mundial e atual líder do ranking, Filipe Toledo, é o melhor surfista nos cinco anos da história da etapa brasileira do Mundial de surfe,que foi disputada na Prainha na Barra da Tijuca em 2015 e 2016 em Saquarema em 2017, 2018 e 2019. Ele venceu três das cinco etapas realizadas entre 2015 e 2019, que foi a última antes da pandemia provocar o cancelamento das edições de 2020 e 2021. Filipinho ganhou o primeiro em 2015, com as duas primeiras notas 10 da história do evento, nas ondas do Postinho da Barra da Tijuca. Os outros dois títulos foram em 2018 e 2019 em Saquarema, onde só perdeu uma bateria nos três anos da etapa brasileira na Capital Nacional do Surfe.

O tricampeão mundial Gabriel Medina também recebeu duas notas 10 nas ondas do Postinho da Barra da Tijuca em 2016 e Filipe Toledo conseguiu a última, em 2018 em Saquarema. Os dois são os recordistas de pontos das duas notas computadas, entre todas as 247 baterias disputadas por 69 surfistas de 12 países, desde 2015 até 2019. Filipe ganhou o primeiro troféu de campeão por ainda imbatíveis 19,87 pontos, somando notas 10 e 9,87 na final com o australiano Bede Durbidge. E foi também no Postinho da Barra da Tijuca, que em 2016, Gabriel Medina conseguiu a segunda maior somatória nos 5 anos, 19,40 pontos.

Filipe Toledo ainda foi quem mais vestiu a lycra de competição na etapa brasileira e mais venceu baterias, ganhando 21 das 24 que competiu, ou seja, com um incrível índice de 87,5% de aproveitamento. Foram apenas três derrotas, duas na Barra da Tijuca e só uma em Saquarema, onde festejou o bicampeonato consecutivo em 2018 e 2019. A expectativa agora é até quando Filipe vai manter essa invencibilidade em Saquarema. Será que vem o tricampeonato por aí?

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Clique para comentar

Você deve estar logado para postar uma comentário Login

Deixe um Comentário

Mais em Surfe