Siga o OTD

Surfe

Como em 2021, final do Mundial será em Trestles

Pelo segundo ano seguido, Trestles, na Calfórnia, vai receber a final do Mundial de surfe, que será disputada em um único dia entre 8 e 16 de setembro

Calendário do Mundial de Surfe e confirmação de Trestles como sede da final em 2022 - Classificação

A World Surf League (WSL) anunciou nesta terça-feira o calendário oficial do Mundial de surfe de 2022 e confirmou Trestles, na Califórnia, como sede da etapa final que vai decidir os títulos de campeão masculino e feminino da temporada. O local recebeu o evento em 2021 e vai também recebê-lo em 2023. Para este ano, a decisão está marcada para acontecer em um único dia dentro do período de 8 a 16 de setembro.

“A edição inaugural da final do Mundial foi um grande sucesso”, disse o CEO da WSL, Erik Logan. “Ver os cinco melhores do ano se enfrentando em ondas incríveis e os títulos mundiais feminino e masculino sendo decididos no mesmo dia, na água, pela primeira vez, foi muito especial. Esse novo formato cativou nosso público e impulsionou o esporte como nunca visto antes. Foi o dia com a maior audiência digital da história das transmissões ao vivo da WSL. Então, estamos todos empolgados em retornar para Trestles nesta temporada”.

+Filipe Toledo traça planos para a nova temporada da WSL

Uma das novidades será que Saquarema, que ficou de fora do calendário em 2020 e 2021 por causa da pandemia, volta o Mundial. A etapa brasileira, disputada entre 23 e 30 de junho, será a oitava de um total de dez, já na reta final da definição dos cinco melhores de cada gênero que vão decidir os títulos mundiais de 2022 em Trestles.

Pela primeira vez na história, todas as etapas do Mundial de surfe formarão um calendário único para as categorias masculina e feminina, mantendo-se a igualdade na premiação para homens e mulheres. O novo formato do CT também apresentará um corte de participantes no meio da temporada, antes de definir os classificados para a etapa final em Trestles.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

A temporada regular do Mundial de surfe terá 10 eventos passando por sete países, começando em janeiro com a realização da primeira etapa 100% masculina e feminina nas lendárias ondas do maior palco do esporte, em Pipeline, no Havaí. Outra atração é o retorno de G-Land, na Indonésia, após 24 anos para os homens e onde as mulheres competirão pela primeira vez. 

Já a grande novidade é a estreia de El Salvador no Mundial de surfe. A temporada regular vai até agosto, quando no Taiti serão definidos os top-5 e as top-5 que participarão da segunda edição da final do Mundial em setembro.

Calendário do WSL Championship Tour 2022: 

1.a etapa: Jan 29-10 Fev: Billabong Pro Pipeline no Havaí
2.a: Fev 11-23: Hurley Pro Sunset Beach apresentado por Shiseido no Havaí
3.a: Mar 03-13: MEO Pro Portugal em Supertubos, Peniche, Portugal
4.a: Abr 10-20: Rip Curl Pro Bells Beach em Victoria, Austrália 
5.a: Abr 24-04 Mai: Margaret River Pro em Main Beach, Western Australia

Corte do meio da temporada: Redução de 36 para 24 participantes na categoria masculina e de 18 para 12 feminina:

6.a: Mai 28-06 Jun: Quiksilver / ROXY Pro G-Land na Indonésia 
7.a: Jun 12-20: Surf City El Salvador Pro apresentado pela Corona
8.a: Jun 23-30: Oi Rio Pro apresentado pela Corona em Saquarema, Brasil
9.a: Jul 12-21: Corona Open J-Bay em Jeffreys Bay, África do Sul
10.a: Ago 11-21: Tahiti Pro em Teahupo´o, Taiti

Os top-5 do masculino e as top-5 do feminino disputam os títulos mundiais:

Set 08-16: Rip Curl WSL Finals em Lower Trestles, Califórnia, Estados Unidos

Com novos locais e um circuito renovado, Mundial de surfe 2022 começará com 36 homens e 18 mulheres participando de cada etapa. No meio da temporada, o número de competidores será reduzido para 24 homens e 12 mulheres. Os top-22 do ranking masculino e as top-10 do feminino, já estarão automaticamente classificados para o CT de 2023 e seguirão disputando as vagas para a final do Mundial na segunda metade do circuito. A quantidade de 24 e 18 participantes será completada por wildcards (convidados), dois homens e duas mulheres em cada etapa, sendo um wildcard indicado pela WSL e o outro pelo evento em cada categoria.

Os rankings para definir quem continuará competindo na segunda metade da temporada, computarão os quatro melhores resultados nas cinco primeiras etapas. Os que avançarem, seguirão pontuando e também será descartado apenas o pior resultado para determinar os top-5 e as top-5. Ou seja, os rankings finais computarão nove das dez etapas realizadas.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Surfe