Siga o OTD

WSL Final, com Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Filipe Toledo e Tati Weston-Webb, é adiado novamente

Surfe

WSL Finals é adiada pelo segundo dia por falta de ondas; Veja previsão

Competição inédita, que reúne os cinco melhores do ano e definirá o campeão mundial, deve começar na segunda-feira (13)

(Tony Heff/WSL)

WSL Finals é adiada pelo segundo dia por falta de ondas; Veja previsão

Pelo segundo dia seguida, a Liga Mundial de Surfe (WSL) optou por não realizar, nesta sexta-feira (11), a WSL Finals, que reúne os cinco melhores atletas do ano de cada naipe e decidirá em um único dia os títulos mundiais da temporada 2021. A competição estava prevista para começar na quinta-feira (10), mas foi adiada novamente pela falta de ondas, em Lower Trestles, na Califórnia (EUA). Vale lembrar que quatro brasileiros estão confirmados na disputa: Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Filipe Toledo e Tati Weston-Webb.

Uma grande ondulação é esperada, então, a partir de domingo (12). De acordo com a previsão oficial, entre segunda e quart-feira (13 e 15), as ondas devem quebrar com cerca de 2m. Até lá, a expectativa é de ondas de até 1m. E após o ápice do swell, elas devem perder tamanho novamente até o fechamento da janela, que vai até o dia 17.

+Assista ao vivo à WSL Finals

Assim, as disputas da WSL Finals deverão ocorrer justamente entre 13 e 15 de setembro. O ponto negativo é que, durantes esses três dias, há previsão de vento maral, que deixa o mar mexido e irregular, achatando as ondas e fazendo com que se fechem mais rápid, ainda que não muito forte.

Formato da competição

A WSL Finals traz um formato inédito. Os primeiros colocados do ranking, Gabriel Medina e Carissa Moore, já estão garantidos na final, que serpa disputada em uma série de melhor de três baterias. Os outros surfistas vão entrar nas chaves de acordo com suas classificações no ranking.

Assim, o quinto colocado vai competir com o quarto em bateria única, de 35 minutos. O vencedor deste duelo avança e encara o número três do ranking. Quem vencer esta disputa enfrenta, na sequência, o vice-líder da temporada. E por fim, deste último confronto, saíra o surfista que decidirá o título com os líderes do ranking.

Programação

Apesar do dia de estreia ainda estar indefinido, os horários das disputas já estão marcados. Stephanie Gilmore e Johanne Defay abrem a disputa do WSL Finals, às 12h (de Brasília). Na sequência, às 12h35, Conner Coffin e Morgan Cibilic dão a largada na disputa masculina.

O primeiro brasileiro a entrar em ação será Filipe Toledo, terceiro do ranking, que enfrenta o vencedor deste primeiro duelo, às 13h45. Tati Weston-Webb cai na água na sequência, às 14h20, e Ítalo Ferreira compete às 14h55. A final feminina está marcada para 15h40, enquanto a masculina, com Gabriel Medina, será às 16h20.

+ SIGA O OTD NO , YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Vale lembrar que Ítalo Ferreira é o atual campeão mundial, em 2019, já que em 2020 não houve competição. Além disso, ele pode fazer e história e se tornar o primeiro surfista na história a conquistar no mesmo ano o ouro olímpico e o título mundial.

Por fim, a “Brazilian Storm” dominiu o Circuito Mundial em 2021: das sete etapas da temporada regular, apenas a primeira e a última não foram vencidas pelos três brasileiros, o que os coloca como favoritos na WSL Finals.

Mais em Surfe