Siga o OTD

Mundial de Surfe Ítalo Ferreira

Surfe

Ítalo Ferreira vence Medina, conquista a Newcastle Cup e volta ao topo do mundo

Na decisão contra Gabriel Medina, Ítalo Ferreira consegue duas ondas acima de sete com aéreos e fica com o título

- WSL / MATT DUNBAR

Ítalo Ferreira vence Medina, conquista a Newcastle Cup e volta ao topo do mundo

De volta ao topo! Último campeão mundial de surfe, em 2019, Ítalo Ferreira venceu a final brasileira, contra Gabriel Medina, e conquistou o título da Newcastle Cup, segunda etapa do mundial de surfe, na Austrália. Na noite desta sexta-feira (9), Ítalo abusou dos aéreos e conquistou sua primeira etapa na temporada. Com a conquista, o brasileiro assumiu a liderança do ranking mundial de 2021.

Na decisão, Ítalo Ferreira abriu a disputa conseguindo um 2.83 na primeira onda. A resposta de Gabriel Medina veio na onda seguinte, com um 3.50. Depois desse comedido, os dois brasileiros passaram a usar todo seu arsenal de manobras.

Com isso, as somatórias dos dois surfistas subiu, com Ítalo levando a melhor, em um primeiro momento, com 13.50 contra 13.27. Na frente da disputa, o atual campeão mundial colocou dois aéreos e seu total subiu para 14.94. Após um primeiro terço movimentado, o mar acalmou e a disputa teve alguns minutos sem manobras e notas.

Os últimos minutos foram quase que sem onda. Com isso, sabendo usar a prioridade de onda, Ítalo Ferreira “cozinhou” o fim da bateria e saiu com o título ao vencer Medina por 14.94 a 13.27.

Veja como foram as fases anteriores

Semifinais

Gabriel Medina mediu forças contra o australiano Morgan Cibilic, que surfava “em sua praia”. No começo, Medina abriu vantagem com a sua primeira onda, com 5;23. Na sequência, Cibilic conseguiu uma série de manobras e teve um 7.00, assumindo a ponta. 

Atrás na disputa, Gabriel Medina melhorou ainda mais seu total, foi para 11.07 e tomou a liderança. O australiano conseguiu encostar um pouco, subindo a somatória para 9.00. 

-José Neto esquece passado e diz que é movido a desafios e novas conquistas

Neste momento, Medina encaixou o segundo melhor aéreo de toda a Newcastle Cup, conseguiu um 9.70 e o brasileiro voltou a abrir, chegando a 15.77. Já na segunda metade da bateria, Morgan Cibilic conseguiu um tubo com uma série de manobras e encostou na liderança com 14.07. Nos minutos finais, o mar acalmou, as ondas pararam e foi questão de tempo para que a vitória de Gabriel Medina se confirmasse. 

Duelo brasileiro na semi

Ítalo Ferreira e Filipe Toledo disputaram a segunda semifinal da etapa do mundial de surfe em grande estilo. No começo do confronto, Filipinho abriu vantagem na ponta, com 6.50 contra 5.00.

Após alguns minutos sem ondas, Filipinho seguiu melhorando suas notas, chegou em 11.57 e colocou ainda mais vantagem contra o compatriota. Atrás na disputa, Ítalo Ferreira cresceu, usou toda uma onda, do começo ao fim, teve um 7.60 e chegou em 10.77. 

Filipe Toledo
– WSL / DANIEL SMORIGO

Já na segunda parte da bateria, Ítalo tirou um 5.60, melhorou seu total e retomou a liderança, com 13.20. Já na reta final da disputa, Ítalo Ferreira encaixou um aéreo e abriu ainda mais vantagem, com 16.10 contra 11.57. Nos últimos minutos, o mar ficou sem ondas, Filipe Toledo não conseguiu pontuar de novo e foi eliminado do Mundial de surfe.

Quartas de final

As quartas de final da Newcastle Cup começaram com um duelo de Gabriel Medina e Adriano de Souza. Logo nos primeiros minutos, Mineirinho encaixou uma sequência de manobras e conseguiu 5.67 abrindo vantagem na liderança. Logo em seguida, Adriano somou um 0.43 e chegou em 6.10.

Gabriel Medina 1
– WSL / CAIT MIERS

Atrás do placar, Medina achou a sua série de manobras. Com uma sequência de pancadas, o brasileiro teve sua melhor nota, com 6.27, e tomou a liderança ao chegar em 6.57. Como é de costume, Adriano de Souza, após conseguir somar 6.10, passou a esperar a melhor onda possível para melhorar seu total. 

Enquanto isso, Medina engatou uma sequência de ondas e foi subindo seu total, chegando em 10.27. Na reta final da bateria, Adriano de Souza foi subindo sua nota até chegar em 10.07 faltando pouco mais de seis minutos. Na hora da definição, Mineirinho não buscou uma nova nota mas não conseguiu. Com isso, Medina se garantiu na semifinal. 

Ítalo Ferreira vira no fim com aéreo

Segundo duelo brasileiro das quartas de final, Deivid Silva e Ítalo Ferreira começaram com tudo. Diferente do que aconteceu nas disputas anteriores, Ítalo começou atrás do placar. Sabendo do tamanho do desafio, Deivid abriu sua participação com um total de 6.36 na somatória das duas primeiras notas. 

Já Ítalo foi mais uma vez apostando no limite e, por conta de duas quedas em tentativas de aéreo, o brasileiro chegou em 6.03, após cinco ondas. Depois de um período sem manobras, Devid Silva conseguiu a maior nota da bateria. 

Com uma série de manobras, o brasileiro fez um 7.17, chegou em 12.40 e abriu vantagem contra 7.50 de Ítalo Ferreira. Faltando pouco mais de cinco minutos, o brasileiro atual campeão mundial deu seu show. 

Com um aéreo com 360º, Ítalo conseguiu 8.50, a maior nota da bateria, e retomou a liderança ao somar 12.67. Nos minutos finais, Deivid Silva não surfou ondas que o permitissem trocar de nota e acabou eliminado da Newcastle Cup nas quartas de final.  

Filipe Toledo avança com muita emoção 

Favorito na disputa contra o americano Connor Coffin, Filipe Toledo começou com tudo. Com uma somatória de 7.17 nas três primeiras ondas, o brasileiro abriu vantagem na ponta e colocou pressão no surfista dos Estados Unidos. 

Atrás do placar, Connor Coffin apostou em outra estratégia. Esperando a melhor onda no outside, o americano estacionou no 0.93 de somatória. De maneira oposta, Filipe Toledo aumentou seu volume e aos poucos melhorou seu total, chegando a 12.17, obrigando assim que seu adversário precisasse de uma combinação para assumir a liderança.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK 

Já no terço final da disputa, Connor teve a segunda maior nota da bateria e, com 6.17, e chegou em 7.10, voltando para a ter chances de se classificar. Nos segundos finais, tudo mudou. O americano conseguiu a sua melhor onda, com 6.87, que lhe daria a vaga na semifinal. 

Vendo Coffin surfar uma boa onda, Filipe Toledo foi atrás da sua e, com uma série de manobras rápidas, melhorou sua segunda nota, de 5.17 para 6.83. Com isso, o americano chegou em 13.04 contra 13.83 de Filipinho e o Brasil seguiu vivo para a semifinal do Mundial de Surfe. 

Assista aos dias da Newcastle cup na íntegra:

RESULTADOS DOS BRASILEIROS

DataMatchHorário/Resultado
Gabriel Medina (BRA) x Ítalo Medina (BRA)
Ítalo Ferreira (BRA) x Filipe Toledo (BRA)
Gabriel Medina (BRA) x Morgan Cibilic (AUS)
Filipe Toledo (BRA) x Connor Coffin (EUA)
Ítalo Ferreira (BRA) x Deivid Silva (BRA)
Gabriel Medina (BRA) x Adriano de Souza (BRA)
Filipe Toledo (BRA) x Yago Dora (BRA)
Kanoa Igarashi (JPN) x Deivid Silva (BRA)
Ítalo Ferreira (BRA) x Griffin Colapinto (EUA)
Julian Wilson (AUS) x Adriano de Souza (BRA)
Gabriel Medina (BRA) x Frederico Morais (POR)
Filipe Toledo (BRA) x Leonardo Fioravanti (ITA)
Jack Freestone (AUS) x Yago Dora (BRA)
Peterson Crisanto (BRA) x Connor Coffin (EUA)
Jordy Smith (RSA) x Alex Ribeiro (BRA)
Caio Ibelli (BRA) x Deivid Silva (BRA)
Ítalo Ferreira (BRA) x Jacksoon Baker (AUS)
Owen Wright (AUS) x Miguel Pupo (BRA)
Jeremy Flores (FRA) x Adriano de Souza (BRA)
Gabriel Medina (BRA) x Connor O'Larry (AUS)
Isabella Nichols (AUS) x Tatiana Weston-Webb (BRA)
Bateria 4 - Jadson André (BRA)
Bateria 1 - Adriano de Souza (BRA)
Bateria 6 (feminina) - Tatiana Weston-Webb (BRA)
Bateria 12 - Caio Ibelli (BRA)
Bateria 12 - Adriano de Souza (BRA)
Bateria 11 - Miguel Pupo (BRA)
Bateria 8 - Peterson Crisanto (BRA)
Bateria 8 - Alex Ribeiro (BRA)
Bateria 6 - Ítalo Ferreira (BRA)
Bateria 5 - Gabriel Medina (BRA)
Bateria 3 - Yago Dora (BRA)
Bateria 2 - Filipe Toledo (BRA)
Bateria 2 - Jadson André (BRA)
Bateria 1 - Deivid Silva (BRA)

Veja como foi o 1º dia da Newcastle Cup

Veja como foi o 2º dia da Newcastle cup

Veja como foi o 3º dia da Newcastle Cup:

Veja como foi o 4º dia da Newcastle Cup:

Veja como foi as quartas de final masculina:

Semifinais e finais da Newcastle Cup

Mais em Surfe