Siga o OTD

Surfe

Mineirinho cai nas quartas e só Filipinho segue na briga

Dos dois brasileiros que chegaram às quartas de final, apenas Filipe Toledo segue na disputa do título da etapa de Trestles do Mundial de surfe. Na noite desta quinta-feira, Adriano de Souza acabou eliminado por Adrian Buchan numa bateria de mar inconsistente e poucas ondas em que o australiano levou a melhor para vencer por apenas 0,27 de diferença 15,57 a 15,30. Quem também se garantiu na semifinal foi o sul-africano Jordy Smith, líder do raking mundial, que derrotou o português Frederico Morais por 17,76 a 16,60.

As baterias que tiveram as vitórias de Adrian Buchan e Jordy Smith foram as únicas disputadas nesta quinta-feira pelas quartas-de-final. As outras duas ficaram para sexta-feira. Na primeira delas, o francês Jeremy Flores terá pela frente o campeão da temporada 2016, John John Flores. Na sequência, Filipe Toledo enfrenta o americano Kanoa Igarashi.

Filipinho conseguiu a vaga nas quartas de final ao derrotar os australianos Julian Wilson e Bede Durbidge no round 4 e avançou direto, sem precisar da repescagem. O brasileiro segue como o grande favorito para vencer a etapa de Trestles. Na bateria, Filipinho fez o que sabe fazer de melhor: arriscar. Não economizou nos aéreos e nas rasgadas, invertendo a rabeta a todo o momento. Quando isso dá certo, é difícil superar o menino de Ubatuba. Sem chances para os oponentes. Veja os melhores momentos da bateria abaixo:

Filipe Toledo precisa vencer a etapa se quiser sonhar com o título mundial da temporada. Atualmente, ele está em 9º lugar do ranking mundial.

Veja abaixo as baterias da competição masculina, o Hurley Pro Trestles – mundial de surfe:

ROUND 4:

1. Adriano de Souza (BRA) 16.80 x Jadson André (BRA) 16.07 x Sebastian Zietz (HAV) 11.37

2. Frederico Morais (POR) 17.17 x Jordy Smith (AFS) 16.30 x Adrian Buchan (AUS) 16.10

——— baterias de hoje:

3. Jeremy Flores (FRA) 15.94 x John John Florence (HAV) 15.23 x Kanoa Igarashi (EUA) 11.33

A grande surpresa do dia até então. John John era apontado como franco favorito nessa bateria e em sequência Kanoa era apontado como o que podia surpreender. No entanto, o francês Jeremy Flores começou a bateria com um 8.77 e conseguiu administrar o resultado. Uma aula de estratégia do europeu. Soube ficar com a prioridade e só usá-la na hora certa. JJ e Kanoa vão para a repescagem

4. Filipe Toledo (BRA) 16.13 x Julian Wilson (AUS) 14.00 x Bede Durbidge (AUS) 13.16

Filipinho fez o que sabe fazer de melhor: arriscar sem medo. Não economizou nos aéreos e nas rasgadas invertendo a rabeta. Quando ele faz isso, o resultado, quase sempre, é a vitória. Sem chances para o australiano Julian Wilson e muito menos para Bede Durbidge. Vale ressaltar a bela estratégia de Filipe de construir o resultado no começo e administrar a prioridade até o final.

ROUND 5 (REPESCAGEM)

1. Adrian Buchan (AUS) 16.27 x 14.84 Jadson André (BRA)

Jadson até surfou bem, mas o 9.80 de Adrian Buchan foi implacável. É bom para levantar o ânimo do brasileiro, que vinha mal no ano. Pode ser o início de uma recuperação. O australiano agora enfrenta Mineirinho nas quartas.

2. Jordy Smith (AFS) 13.43 x 6.84 Sebastian Zietz (HAV)

Sebastian Zietz foi mais um que caiu na armadilha de esperar a melhor onda por muito tempo. Ela não chegou e ele ficou de mãos atadas. Já o líder do ranking mundial, Jordy Smith, fez o básico e conseguiu ondas medianas, que lhe deram a classificação. Simples assim.

3. John John Florence (HAV) 18.40 x 14.54 Bede Durbidge (EUA)

Uma bateria muito acirrada até os minutos finais, quando o havaiano John John se encontrou e aí não teve muito o que Bede fazer. Aéreos combinados com rasgadas e muita velocidade acabaram com a bateria. Nas quartas, ele tenta a vingança contra Jeremy Flores.

4. Kanoa Igarashi (EUA) 17.00 x 15.90 Julian Wilson (AUS)

Mais um concorrente ao título mundial ficando pelo caminho. A verdade é que os dois surfaram bem, mas o high score de 9.30 do japonês americano, Kanoa Igarashi, fez toda a diferença. Agora ele enfrenta Filipe Toledo, no que promete ser uma grande reedição depois de polêmicas envolvendo os 2 surfistas.

 

QUARTAS DE FINAL DO HURLEY PRO TRESTLES:

1. Adriano de Souza (BRA) x Adrian Buchan (AUS)

2. Frederico Morais (POR) x Jordy Smith (AFS)

3. Jeremy Flores (FRA) x John John Florence (HAV)

4. Filipe Toledo (BRA) x Kanoa Igarashi (EUA)

Mais em Surfe