Siga o OTD

Marcos Corrêa vence etapa de Ubatuba, que marca o retorno do surfe brasileiro CBSurf Pro Tour

Surfe

Marcos Corrêa conquista o CBSurf Pro Tour, em Ubatuba

Surfista que representa a cidade de Santos vence etapa que marca o retorno da modalidade no país

Marcos Corrêa vence etapa de Ubatuba, que marca o retorno do surfe brasileiro (Divulgação)

Marcos Corrêa conquista o CBSurf Pro Tour, em Ubatuba

Numa final com quatro paulistas, Marcos Corrêa foi o vencedor do CBSurf Pro Tour, nesta quinta-feira (29), na Praia Grande, em Ubatuba. O surfista, que compete pela cidade de Santos, garantiu as duas melhores notas da etapa, que marcou a retomada das competições oficiais do surfe no Brasil. Na grande final, ele já havia garantido a vitória, mas fechou o placar com um nove, igualando a maior nota que era dele.

Como o título, Marquinhos faturou R$ 12 mil de premiação e 1.000 pontos no ranking nacional. Seu companheiro de treinos no CT da Prefeitura de Santos, Edgard Groggia, terminou em segundo lugar, com ex-top do CT Wiggolly Dantas, competindo em casa, na terceira posição. Igor Moraes, de São Sebastião, foi o quarto colocado.

+ Nos passos do ídolo, Ulan Galinski trilha caminho no MTB

O vencedor da CBSurf Pro Tour já havia sido o destaque na quarta-feira ao garantir a maior somatória e a melhor nota do primeiro dia de competições entre os homens. No dia decisivo repetiu as boas performances e na final, assumiu a ponta na quarta onda, com um aéreo full rotation, uma de suas especialidades, garantindo nota 7,75. Nos instantes finais ainda garantiu um 9 para liquidar a fatura e aumentar o recorde, com 16,75 pontos de 20 possíveis.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Essa vitória tinha de chegar né? Depois de um tempo sem competir por causa da pandemia, me senti bem, gostei da minha performance e estou muito feliz com a minha vitória. Quero agradecer o meu treinador Pedro Souza, a equipe The One, o Ricardo Padavo, meu psicólogo do esporte, aos meus amigos e familiares. Foi irada essa vitória”, disse. “Agora é buscar o título. O foco continua o mesmo, sempre. Treinar cada vez mais forte e se Deus quiser, vai dar tudo certo”, complementou o líder do ranking 2020.

Mais duas etapas na temporada

Ao término do evento, o presidente da CBS (Confederação Brasileira de Surfe), Adalvo Argolo, anunciou que o Circuito Profissional de Surfe deste ano contará com mais duas etapas para definir os campeões da temporada.

“Estudamos muito essa retomada do surf, porque queríamos oferecer ótimas condições aos atletas e deu tudo certo. Sol, ondas, altíssimo nível técnico, o pessoal respeitando os protocolos de segurança, recorde de inscritos. Já temos definidas os locais das próximas etapas. Teremos Ceará, ainda em novembro, e Bahia, em dezembro”, declarou o mandatário.

Vale lembrar que na terça, as mulheres competiram no começo da semana no litoral paulista em evento que consagrou a de Bianca Summer Macedo, que mora no Havaí e tem dupla cidadania. No total, o evento de surfe desta semana contou com 144 surfistas, de 12 estados, com R$ 80 mil de premiação, dividida entre as duas categorias.

RESULTADOS OFICIAIS DO EVENTO

1 Marcos Corrêa (SP) – 1.000 pontos – R$ 12 mil

2 Edgard Groggia (SP) – 860 pontos – R$ 6 mil

3 Wiggolly Dantas (SP) – 730 pontos – R$ 4 mil

4 Igor Moraes (SP) – 670 pontos – R$ 3 mil

5 Israel Junior (RN) – 610 pontos – R$ 2 mil

5 Samuel Pupo (SP) – 610 pontos – R$ 2 mil

7 Wesley Leite (SP) – 555 pontos – R$ 1.4 mil

7 Armando Tenório (AL) – 555 pontos – R$ 1.4 mil

9 João Chianca (RJ) – 500 pontos – R$ 1.2 mil

9 Luiz Mendes (SC) – 500 pontos – R$ 1.2 mil

9 Fernando Júnior (SP) – 500 pontos – R$ 1.2 mil

9 Tales Araújo (SP) – 500 pontos – R$ 1.2 mil

13 Kainan Meira (PR) – 450 pontos – R$ 850,00

13 Vitor Ferreira (RJ) – 450 pontos – R$ 850,00

13 Caetano Vargas (SC) – 450 pontos – R$ 850,00

13 Caio Costa (SP) – 450 pontos – R$ 850,00

Mais em Surfe