Siga o OTD

Surfe

Na França, Caio Ibelli consegue avançar na repescagem

Em dia com mar forte, Caio Ibelli passa pela repescagem e segue na briga em Hossegor, na França. Jadson André e Deivid Silva ficam pelo caminho

Na França, Caio Ibelli consegue avançar na repescagem

Sábado de definição na etapa de Hossegor, na França, pela WSL (World Surf League). E quem se deu bem foi Caio Ibelli, único brasileiro que conseguiu passar da repescagem e segue firme e forte na competição. Contudo, Jadson André e Deivid Silva ficaram pelo caminho e já deram adeus à etapa francesa.

+ CONFIRA OS RESULTADOS

Caio Ibelli fez 8.43 e avançou em segundo na bateria vencida pelo australiano Soli Bailey (11.07), o que acabou eliminando Deivid Silva, que somou apenas 4.30. As ondas passaram dos dois metros e meio de altura e dificultaram as condições para os surfistas.

Jadson André foi um dos que mais sofreu com o volume e tamanho das ondas. O surfista brasileiro caiu feio e tomou uma série na cabeça. Com apenas 2.46 no somatório final, ele foi presa fácil para o norte-americano Kolohe Andino e o francês Marco Mignot.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Thankfully, @jadsonandre’s ok. #QuikPro France

Uma publicação compartilhada por World Surf League (@wsl) em

Feminino

Um pouco antes dos homens, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima também conseguiram passar pela repescagem. Tatiana surfou 11 ondas e terminou com o somatório de 10.94.

Silvana Lima conseguiu a vaga na última onda e virou para cima da australiana Bronte Macauley, passando da repescagem e seguindo para a terceira rodada em Hossegor.

 

Mais em Surfe