Siga o OTD

Surfe

Brasileiros passam em bloco para a terceira etapa na França

Ítalo Ferreira, Filipe Toledo, Gabriel Medina e Peterson Crisanto venceram suas primeiras baterias na etapa de Hossegor do circuito mundial de surfe

Gabriel Medina nos Jogos Mundiais de surfe
arquivo

O Brasil passou no masculino com oito atletas direto para a terceira rodada da etapa de Hossegor do circuito mundial de surfe, na França. Ítalo Ferreira, Filipe Toledo, Gabriel Medina e Peterson Crisanto venceram as baterias, e Yago Dora, Michael Rodrigues, Willian Cardoso e Jesse Mendes passaram em segundo.

Caio Ibeli, Deivid Silva e Jadson André ficaram em terceiro e foram para a repescagem. Precisam ficar entre os dois primeiros em baterias com três competidores. Se passarem, juntam-se aos oito compatriotas na terceira rodada, com 32 competidores. É a mesma situação de Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima, as duas brasileiras da chave feminina.

Gabriel Medina foi o melhor brasileiro do dia, com 14,40. Venceu a sexta bateria, que tinha também Michael Rodrigues. Ele ficou em segundo com 11,87. Yago Dora fez 14,33, mas ficou atrás dos 14,40 de Leonardo Fioravanti, da Itália. Willian Cardoso marcou 13,34 e foi segundo, atrás dos 15,10 de Owen Wright, o melhor do dia em Hossegor.

Peterson Crisanto venceu com 13,84 a 11ª bateria, a mesma do Deivid Silva. Ele fez os mesmos 11,67 de Ryan Callinan, mas ficou em terceiro porque o australiano fez nota melhor. Italo Ferreira venceu a segunda com 11,94, mesma em que o Caio Ibeli foi o terceiro com 9,60.

Jesse Mendes disputou com Kelly Slater e só ficou atrás do norte-americano. Fez 11,67 contra 13,84, mas ambos seguiram para a terceira rodada. Jadson Andre marcou 9,47 e ficou em terceiro na oitava disputa da rodada em Hossegor.

Mais em Surfe