Siga o OTD

Surfe

Medina segue líder e Toledo vai para 2º no Surf Ranch

Filipe Toledo faz 9.27, tira a maior nota da competição masculina e vira vice-líder, só atrás de Medina.

WSL/Kelly Cestari

Medina segue líder e Toledo vai para 2º no Surf Ranch

O segundo dia de competições no Surf Ranch teve o brilho daquele que todos esperavam: Filipe Toledo. O brasileiro, famoso e campeão por seus resultados em ondas que oferecem aéreos, mostrou a que veio, conseguindo a maior nota da disputa masculina, um 9.27 em uma de suas direitas. Além dele, destaque especial para Willian Cardoso, que superou muito as expectativas e brigará por uma vaga na final. A sexta-feira (20) também teve a estreia da brasileira Tatiana Weston-Webb no feminino, que brigará por uma vaga na final.

Filipe Toledo dá show

O show de abertura já foi dado. Filipe Toledo estreou como todos esperavam. Aplicando seus aéreos, suas manobras progressivas e fazendo uma linha diferente, em uma onda que é sempre igual e irritante. É claro que isso chamou a atenção dos juízes. Por isso, ele possui a melhor nota da competição masculina, um 9.27.

Mesmo com todos esses fatores, Filipe foi pressionado para a sua última onda, precisando de nota para avançar. Como tinha caído na primeira esquerda, Toledo precisava ao menos de uma nota 3.50 para avançar de fase. Foi na segurança e conseguiu 6.80, que lhe coloca na 2ª posição geral e já na final do evento.

Assista à melhor onda:

Quatro brasileiros no top-10

Gabriel Medina em ação no Surf Ranch em 2019.

Gabriel Medina, líder até então do Surf Ranch em 2019. Foto: WSL/Miers

Gabriel Medina e Ítalo Ferreira já figuravam entre os primeiros colocados. As novidades desta sexta-feira foram Filipe Toledo e Willian Cardoso. Willian, por sinal, surpreendeu a todos. Depois de terminar na 25ª posição ano passado, o catarinense chegou a aparecer na 5ª posição após sua performance – agora está em 8º. Ele foi alavancado por seu 7.87 na direita, que espirrou água da Califórnia ao Brasil. Grata surpresa e ele pode mais no dia das finais. Já Yago Dora e Jesse Mendes terão suas chances de ir para a próxima fase.

Resultados do masculino completos

Tati pode ir à final

Tatiana Weston-Webb no Surf Ranch. Foto: WSL/Divulgação

A brasileira Silvana Lima encerrou sua participação como 14ª. Sendo assim, as esperanças de título brasileiro no feminino voltaram-se para Tatiana Weston-Webb. E, ao menos até aqui, ela não decepcionou. Tati terminou a primeira etapa, fazendo uma ótima esquerda (7.77), que lhe rendeu a sexta colocação geral. Na direita, ela pecou e ainda precisará melhorar seu surfe de backside se quiser ir à final. De qualquer forma, pelo menos os pontos do 5º lugar, a brasileira já garantiu. Para avançar, ela precisa superar Stephanie Gilmore, Courtney Conlogue, Sally Fitzgibbons e Lakey Peterson.

+ Resultados do feminino completos

Três brasileiros ficam na pior colocação

Peterson Crisanto no Surf Ranch em 2019. Foto: WSL/Cestari

Infelizmente, três surfistas brasileiros amargaram a pior posição possível do evento, o 33º. Mateus Herdy, Peterson Crisanto e Michael Rodrigues não conseguiram desempenhar seu melhor surfe, cometeram muitos erros e não se encaixaram na piscina. Um resultado péssimo, tanto para Michael quanto para Peterson, que se complicam na briga contra o rebaixamento.

+ Veja o formato do evento do Surf Ranch

Deivid Silva pode terminar com boa pontuação

Deivid Silva em ação no Surf Ranch em 2019

Deivid Silva, por enquanto, em 12º no Surf Ranch 2019. Foto: WSL/Cestari

Já Deivid Silva vive situação única entre os brasileiros. Ele figura na 12ª posição e vai somando os pontos da “zona de 9º”, que configura os atletas que estão entre 9º e 16º. No entanto, ele ainda pode ser ultrapassado por seis surfistas, o que lhe tiraria desta zona. Aos fãs de Deivid, resta “secar”.

Finais acontecem neste sábado

14h – Continuação do round 2 feminino
14h55 – Continuação do round 2 masculino
16h30 – Pausa
17h15 – Round 3 feminino
18h30 – Round 3 masculino
20h40 – Final feminina
21h00 – Final masculina

Resultados da competição masculina

*Os atletas que ainda precisam surfar a terceira esquerda e a terceira direita e podem aumentar a somatória.

1. Gabriel Medina (BRA) – 17.77*
2. Filipe Toledo (BRA) – 16.07*
3. Owen Wright (AUS) – 15.97
4. Jordy Smith (AFS) – 15.90*
5. Griffin Colapinto (EUA) – 15.50*
6. Ítalo Ferreira (BRA) – 14.97*
7. Wade Carmichael (AUS) – 14.90
8. Willian Cardoso (BRA) – 14.70*
9. Kanoa Igarashi (JAP) – 14.56
10. Sebastian Zietz (HAV) – 14.37
11. Ezekiel Lau (HAV) – 14.27
12. Deivid Silva (BRA) – 14.10
13. Conner Coffin (EUA) – 14.07*
14. Ricardo Christie (NZL) – 13.96
15. Kelly Slater (EUA) – 13.87*
16. Julian Wilson (AUS) – 13.84*
17. Adrian Buchan (AUS) – 13.70*
18. Yago Dora (BRA) – 13.63*
19. Joan Duru (FRA) – 13.33
20. Jesse Mendes (BRA) – 13.30*
21. Seth Moniz (HAV) – 13.16
22. Kolohe Andino (EUA) – 13.04
23. Soli Bailey (AUS) – 13.00
24. Kade Matson (EUA) – 12.87

———————————- abaixo, os atletas eliminados na 1ª fase
25. Ryan Callinan (AUS) – 11.93
26. Caio Ibelli (BRA) – 11.70
27. Jeremy Flores (FRA) – 11.23
28. Jadson Andre (BRA) – 10.94
29. Jett Schilling (EUA) – 10.73
30. Jack Freestone (AUS) – 10.70
31. Crosby Colapinto (EUA) – 10.66
32. Barron Mamiya (HAV) – 10.57
33. Michael Rodrigues (BRA) – 10.47
34. Michel Bourez (FRA) – 9.93
35. Peterson Crisanto (BRA) – 9.73
36. Mateus Herdy (BRA) – 8.77

Resultados da competição feminina

*As atletas que ainda precisam surfar a terceira esquerda e a terceira direita e podem aumentar a somatória.

1. Johanne Defay (FRA) – 17.50*
2. Carissa Moore (HAV) – 16.23*
3. Caroline Marks (EUA) – 16.10*
4. Courtney Conlogue (EUA) – 15.83
5. Lakey Peterson (EUA) – 15.70*
6. Sally Fitzgibbons (AUS) – 15.63
7. Stephanie Gilmore (AUS) – 15.00*
8. Tatiana Weston-Webb (BRA) – 14.60*
9. Paige Hareb (NZL) – 15.23
10. Keely Andrew (AUS) – 14.07
11. Coco Ho (HAV) – 13.97
12. Bronte Macaulay (AUS) – 13.90
———————————- abaixo, as atletas eliminados na 1ª fase
13. Nikki Van Dijk (AUS) – 12.60
14. Silvana Lima (BRA) – 12.17
15. Gabriela Bryan (HAV) – 10.54
16. Malia Manuel (HAV) – 10.50
17. Brisa Hennessy (CRC) – 10.10
18. Macy Callaghan (AUS) – 8.60

Mais em Surfe