Siga o OTD

Surfe

Medina brilha e finaliza o 1º dia do Surf Ranch na liderança

Gabriel Medina confirma o favoritismo, tira primeira nota na casa dos 9 e é líder do Surf Ranch. Ítalo Ferreira é 3º.

WSL/Divulgação

Medina brilha e finaliza o 1º dia do Surf Ranch na liderança

A etapa da piscina de ondas de Kelly Slater começou nesta quinta-feira (19). O chamado Surf Ranch viu em ação 24 homens e 6 mulheres na água no primeiro dia de competições. O destaque? Sem muitas novidades. Gabriel Medina, atual campeão do evento e bi mundial, tirou as duas melhores notas dentre todos os competidores, avançou para a 2ª fase e já está, praticamente, garantido na final. Destaque também para Ítalo Ferreira. O potiguar aparece na 3ª posição da classificação. Yago Dora e Jesse Mendes são os outros dois brasileiros garantidos no round 2. E, no feminino, Silvana Lima não aproveitou sua oportunidade.

+ Veja os resultados completos do 1º dia de competições no masculino

Gabriel Medina dá show e já se aproxima da final

O brasileiro Gabriel Medina não deu chances para seus adversários na estreia do Surf Ranch. Em suas quatro ondas, a menor nota foi 8.27. O brasileiro tirou 4 das 5 maiores avaliações deste primeiro dia. Isso lhe credencia não só para a segunda fase, como também o deixa muito próximo da final do evento, já que os surfistas carregam as notas do round 1 para o 2.

A aposta de Medina foi na combinação entre tubos e aéreos. Em sua primeira direita e sua primeira esquerda, notas idênticas (8.27), que provam o quão completo ele é. Na segunda “volta”, com a classificação já assegurada, Medina arriscou mais e conseguiu incrementar o seu somatório. Na esquerda, nota 8.77 e, na direita, nota 9.00. Somatório de 17.77, mais de 2 pontos a mais que o segundo colocado, Griffin Colapinto.

Veja a nota 9.00 de Medina abaixo:

Ítalo Ferreira embalado vai bem de novo

Campeão do ISA Games semana passada após uma história de superação que já contamos no OTD, Ítalo Ferreira parece estar na mesma vibração no Surf Ranch. O potiguar soube o momento certo de arriscar nas manobras, mostrou seu repertório aéreo e, com uma direita excelente (8.40), finalizou o dia na terceira posição. Provavelmente, precisará trocar sua atual esquerda (6.57) para chegar à final do evento, mas o primeiro grande passo já foi dado.

+ Veja o formato e a tabela da etapa aqui

Yago Dora e Jesse Mendes têm grande estreia

Muitas pessoas apostaram suas fichas em Yago Dora, mas Jesse Mendes talvez tenha sido a grata surpresa desse primeiro dia no rancho. O brasileiro, que já foi bem ano passado, conseguiu 6.87 e 6.43. O suficiente para avançar à segunda fase. Se quiser chegar à final, terá que apresentar muito mais em suas chances na segunda fase.

Já Yago fez apresentações sólidas e até arriscou alguns aéreos. No somatório, tem uma esquerda muito boa (7.93), mas uma direita fraca (5.70). Se conseguir melhorá-la, tem grandes chances de avançar ainda mais na competição.

Deivid e Jadson aguardam resultados

Dois surfistas brasileiros, Deivid Silva e Jadson André, estão passando por situação única em suas carreiras. Os dois aguardam resultados de outras baterias para saberem se vão ou não competir na segunda fase. Jadson tem chances remotas. Ele está em 19º e precisaria que 7 dos 12 competidores de amanhã façam somatório abaixo de 10.94. A missão de Deivid também é difícil, mas mais realista. Ele precisa que 5 dos 12 competidores fiquem abaixo de 12.24.

Já Michael Rodrigues, Peterson Crisanto e Mateus Herdy deixaram a desejar e já estão eliminados do evento. Herdy era convidado e, pela inexperiência, já se esperava que tivesse dificuldades. Porém, tanto Peterson quanto Michael tiveram desempenho muito inferior em relação às expectativas e vão se complicar no ranking mundial.

+ Veja os resultados completos do 1º dia de competições no feminino

Silvana Lima se complica

A única brasileira a entrar em ação no primeiro dia de disputas no Surf Ranch foi Silvana Lima. A cearense conseguiu uma boa onda para o lado direito e tirou 7.00. Mas, na esquerda, teve muita dificuldade e caiu em ambas tentativas, tirando apenas 5.17 na melhor delas. Dessa forma, terminou a bateria na 5ª posição e precisará quase que de um milagre para avançar à próxima fase.

Resultados – Round 1 masculino Surf Ranch

1. Gabriel Medina (BRA) – 17.77
2. Griffin Colapinto (EUA) – 15.50
3. Ítalo Ferreira (BRA) – 14.97
4. Conner Coffin (EUA) – 14.07
5. Kelly Slater (EUA) – 13.87
6. Julian Wilson (AUS) – 13.84
7. Adrian Buchan (AUS) – 13.70
8. Yago Dora (BRA) – 13.63
9. Jesse Mendes (BRA) – 13.30
10. Owen Wright (AUS) – 13.26
11. Joan Duru (FRA)  – 13.23
12. Seth Moniz (HAV) – 13.16
13. Soli Bailey (AUS) – 13.00
14. Kolohe Andino (EUA) – 12.97
15. Kanoa Igarashi (JAP) – 12.90
16. Wade Carmichael (AUS) – 12.76
17. Deivid Silva (BRA) – 12.24
18. Jeremy Flores (FRA) – 11.23
19. Jadson Andre (BRA) – 10.94
20. Crosby Colapinto (EUA) – 10.66
21. Barron Mamiya (HAV) – 10.57
22. Michael Rodrigues (BRA) – 10.47
23. Peterson Crisanto (BRA) – 9.73
24. Mateus Herdy (BRA) – 8.77

Amanhã mais 12 surfistas competem.

Resultados – Round 1 feminino Surf Ranch

1. Johanne Defay (FRA) – 17.50
2. Lakey Peterson (EUA) – 15.70
3. Stephanie Gilmore (AUS)  – 15.00
4. Paige Hareb (NZL) – 13.00
5. Silvana Lima (BRA) – 12.17
6. Malia Manuel (HAV) – 10.50

Amanhã mais 12 surfistas competem.

Mais em Surfe