Siga o OTD

Skate

Rayssa Leal brilha e fica com o título no street do STU Open

Numa disputa acirrada com Pâmela Rosa, Rayssa Leal fica com o título do street feminino no STU Open; Brasil ainda conquistou o park e street masculino

(Marcello Zambrana/BV)

Encerrou neste domingo (5) a disputa do STU Open, realizado na Praça do Ó, na Barra da Tijuca. Com um belo público acompanhando o evento debaixo do forte calor carioca, o dia definiu alemã Lilly Stoephasius, de apenas 14 anos, e André Mariano como os campeões do skate park, enquanto Lucas Rabelo e Rayssa Leal se sagraram campeões no street feminino.

O dia começou com as disputas do skate park no Rio de Janeiro. Única finalista não brasileira na prova, a jovem alemã Lilly Stoephasius brilhou em sua volta e ficou com o título após somar 60.33 pontos. A sequência da classificação ficou com as representantes olímpicas do país, com Dora Varella na segunda colocação, Yndiara Asp em terceiro e Isa Pacheco na quarta colocação.

Encerrou neste domingo (5) a disputa do STU Open, realizado na Praça do Ó, na Barra da Tijuca. Com um belo público acompanhando o evento debaixo do forte calor carioca, o dia definiu alemã Lilly Stoephasius, de apenas 14 anos, e André Mariano como os campeões do skate park, enquanto Lucas Rabelo e Rayssa Leal se sagraram campeões no street feminino.
André Mariano comemora o título ao lado do irmão, Luiz Francisco (Marcello Zambrana/BV)

Na sequência, os homens foram para a pista. Após ter se classificado na oitava colocação nas eliminatórias, André Mariano surpreendeu a todos e brilhou na decisão com uma volta de 86.33 pontos para ficar com título. Quem comemorou demais o título de Mariano foi o atleta olímpico Luiz Francisco, irmão do grande campeão e que acabou não fazendo uma boa final, fechando a disputa na sétima colocação.

Encerrou neste domingo (5) a disputa do STU Open, realizado na Praça do Ó, na Barra da Tijuca. Com um belo público acompanhando o evento debaixo do forte calor carioca, o dia definiu alemã Lilly Stoephasius, de apenas 14 anos, e André Mariano como os campeões do skate park, enquanto Lucas Rabelo e Rayssa Leal se sagraram campeões no street feminino.
Pedro Barros só cumpriu uma volta por conta de uma forte batida de cabeça ao final de sua apresentação (Marcello Zambrana/BV)

Prata em Tóquio, Pedro Barros ficou com a segunda colocação tendo realizado apenas uma volta na final, de  84.33. pontos. Isso porque o medalhista olímpico acabou sofrendo uma queda feia ao final de sua apresentação e precisou ser levado ao hospital para a realização de exames na cabeça. Mais tarde, a atleta utilizou as suas redes sociais para tranquilizar o público e afirmar que estava bem. Augusto Akio fechou o pódio da competição.

Brasil dominou o street

Rayssa Leal brilhou no Rio de Janeiro e fechou uma temporada espetacular (Marcello Zambrana/BV)

Mais tarde, o púbico na Praça do Ó acompanhou a decisão do street do STU Open. Com um verdadeiro show de apresentação, Lucas Rabelo brilhou na pista e ficou com o título entre os homens. Em sua última manobra individual, já com o título garantido, o atual vice-campeão mundial conseguiu impressionantes 9,62 e obteve a maior nota de toda a competição para reafirmar a conquista. Eduardo Neves e João Xuxu completaram o pódio no masculino.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Fechando o dia na disputa feminina, o equilíbrio tomou conta da pista com Rayssa Leal e Pâmela Rosa brigando ponto a ponto pelo título. No final, brilhou a estrela da Fadinha, que conseguiu dar o “troco” na atual campeã mundial para ficar com o caneco no Rio de Janeiro. O terceiro lugar foi de Virgínia Fortes, de 18 anos.

Mais em Skate

viagra