Siga o OTD

Skate

Rayssa, Pamela, Kelvin e Felipes vão à final da SLS em Utah

Olímpicos dão show e Felipe Mota, de apenas 14 anos, se garantiu em sua primeira final no Circuito Mundial

Rayssa Leal - Pâmela Rosa - Letícia Bufoni - Mundial de Street

Na primeira grande competição do skate desde os Jogos Olímpicos de Tóquio, cinco brasileiros avançaram à final da Etapa de Salt Lake City, em Utah, nos Estados Unidos, da Liga Mundial de Skate Street (SLS) de 2021. Os medalhistas olímpicos Rayssa Leal e Kelvin Hoefler e os também olímpicos Pamela Rosa e Felipe Gustavo tentarão as medalhas na decisão. De apenas 14 anos, Felipe Mota estreou no circuito e de cara conseguiu a vaga entre os oito.

+Campinas será sede do primeiro centro de treinamento de skate do Brasil

Prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Rayssa Leal confirmou a grande fase, foi bem na primeira volta e também nas duas das quatro manobras da segunda. Com 17.7 pontos, só ficou atrás da japonesa Funa Nakayama, que na Olimpíada ficou com o bronze. Rayssa foi a melhor competidora do dia do Brasil, dentre homens e mulheres.

Pamela Rosa cresceu muito na segunda volta e conseguiu o quinto lugar com 13.4, atrás da campeã olímpica Momiji Nishiya, do Japão, e da americana Mariah Duran.

Marina Gabriela e Letícia Bufoni acabaram não avançando no feminino.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Letícia Bufoni e Marina Gabriela não conseguiram um lugar entre as oito primeiras colocadas e acabaram eliminadas. Letícia ocupava a 10ª colocação e precisava de um 4.3 para avançar. A lenda do street tentou boa última manobra, mas acabou caindo e ficando de fora. As finais serão dominadas por três países: Brasil, Japão e Holanda.

Masculino

Na prova masculina da SLS, Felipe Gustavo foi o primeiro a se classificar. Na segunda bateria das cinco, o brasileiro teve uma boa primeira volta e depois encaixou boas manobras, se garantindo na quinta colocação.

Primeiro medalhista braisleiro no street masculino, Kelvin Hoefler não foi bem na sua primeira volta, ficando com uma nota baixa. Nas quatro manobras da segunda passagem, conseguiu duas boas manobras, mas caiu na terceira. Em 10º lugar e precisando de uam boa nota para avançar, finalizou com um 8.6, ficando assim na 4ª posição geral.

Felipe Mota, de apenas 14 anos, também brilhou. O jovem teve grande performance na quarta bateria e teve de esperar até o último competidor para ter sua vaga entre os oito confirmada. Com a queda do americano Marc, se garantiu em sua primeira final da vida em etapas da SLS.

Luan Oliveira, Tiago Lemos e Lucas Rabelo foram eliminados

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Skate