Siga o OTD

Emiliano Bergamaschi

Rúgbi

‘Desafio ambicioso’, diz técnico argentino do Brasil na SLAR

Emiliano Bergamaschi será o head coach da franquia do Brasil na Superliga Americana de Rúgbi e ajudará na busca por uma vaga na Copa do Mundo de 2023

Emiliano Bergamaschi irá atuar também na preparação do Brasil para buscar a vaga na Copa do Mundo Portal do Rugby/Reprodução)

‘Desafio ambicioso’, diz técnico argentino do Brasil na SLAR

Ex-treinador assistente da Argentina e consultor técnico de alta performance da Confederação Sul-Americana, o argentino Emiliano Bergamaschi atuará como head coach (técnico principal) da franquia brasileira na SLAR (Superliga Americana de Rúgbi). Ele ainda irá ajudar o head coach de seleções da CBRu (Confederação Brasileira de Rúgbi), Fernando Portugal, na busca por uma vaga na Copa do Mundo de 2023, competição que nunca teve presença do Brasil.

“É uma grande honra fazer parte desse projeto junto com a CBRu. Teremos desafios muito ambiciosos e também a grande responsabilidade de continuar no caminho do crescimento e desenvolvimento que o Brasil vem percorrendo há muitos anos”, disse Emiliano.

+ Com equipe brasileira, Superliga Americana começa em março

Desde 2019, o argentino tem uma relação próxima com o staff técnico brasileiro. Ele é especialista em áreas de jogo que o Brasil tem como prioridade para a próxima etapa de seu desenvolvimento. Ele auxiliará os Tupis no aperfeiçoamento das técnicas de lineout, scrum, jogo dos forwards e defesa.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Para Fernando Portugal, a chegada de Emiliano Bergamaschi trará benefícios para toda a modalidade do rúgbi no Brasil. “Emiliano vem para trazer um conhecimento específico do qual precisamos para a seleção brasileira. Ele é um treinador de forwards experiente, de scrum e lateral, e que entende muito sobre defesa. E a ideia é que todo esse conhecimento seja transferido para o staff técnico da seleção e posteriormente para a comunidade do rúgbi, por meio de cursos, interações e palestras”, afirmou.

A competição

A Superliga Americana de Rúgbi 2021 contará com a presença de uma franquia brasileira entre seus participantes. O torneio será entre os dias 16 de março e 15 de maio em duas sedes. A competição terá uma fase com os jogos de ida e volta, além de semifinais e final.

Seis franquias já estão garantidas no torneio: Selknam, do Chile; Cafeteros Pro, da Colômbia; Olímpia Lions, do Paraguai; Peñarol, do Uruguai; uma argentina e a brasileira, ambas ainda indefinidas.

Mais em Rúgbi