Siga o OTD

Ouro na Rio 2016, Simone Biles revela ter sofrido abuso sexual individual geral feminino jogos olímpicos tóquio 2020

Prêmio Laureus

Simone Biles vence o Laureus; brasileiros passam em branco

Soberana na ginástica, a americana venceu o prêmio pela terceira vez; na categoria Melhor Atleta de Ação, Ítalo Ferreira e Rayssa Leal perderam para campeã do snowboard.

Simone Biles venceu o Laureus pela terceira vez na carreira (Arquivo)

Simone Biles vence o Laureus; brasileiros passam em branco

Pela terceira vez na carreira, a ginasta norte-americana Simone Biles recebeu o Prêmio Laureus de Melhor Atleta feminina do ano. Na maior noite de celebração do esporte, em sua 20ª edição, realizada em Berlim, na Alemanha, houve também um momento inédito na categoria masculina: o jogador de futebol Lionel Messi e o piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton dividiram o prêmio de Melhor Atleta. Já os brasileiros que estavam concorrendo saíram de mãos vazias.

Em 2019, Simone Biles ultrapassou os limites da sua modalidade. No Campeonato Mundial de Stuttgart (ALE), a atleta de 22 anos conquistou cinco medalhas de ouro, incluindo um quinto recorde mundial All-Around e ajudou os EUA a conquistar a quinta medalha de ouro consecutiva por equipe. Biles tem 25 medalhas de Campeonato Mundial, sendo a ginasta mais premiada da história. O prêmio em Berlim foi o terceiro da americana em quatro anos.

Biles concorria ao prêmio com Megan Rapinoe (futebol), Allyson Felix (atletismo), Shelly-Ann Fraser-Pryce (atletismo), Naomi Osaka (tênis) e Mikaela Shiffrin (esqui).

A ginasta não pôde comparecer à cerimônia, mas entrou ao vivo em vídeo, direto de Houston. “Estou aqui treinando para a Olimpíada. Agradeço o convite, mas infelizmente não pude ir à cerimônia. Ganhar esse prêmio mais uma vez é fantástico, incrível e só tenho a agradecer a todos os meus amigos”, comemorou.

https://www.instagram.com/p/B8rb1yDlBeK/

Na categoria de Melhor Atleta Masculino, pela primeira vez, houve um empate. Hamilton, seis vezes campeão mundial de Fórmula 1, e Messi, seis vezes o Melhor Jogador do Ano da FIFA, ficaram tão próximos em seus desempenhos no ano passado que o principal júri esportivo mundial, a Laureus World Sports Academy, elegeu ambos por igual pontuação.

Brasileiros passam em branco

Na 20ª edição do Prêmio Laureus, o Brasil teve três representantes entre os indicados, mas nenhum deles foi premiado. Ítalo Ferreira, campeão mundial de surfe, e Rayssa Leal, vice-campeã mundial de skate, concorreram na categoria Melhor Atleta de Ação. A equipe de futebol Chapecoense disputou o voto popular na categoria Momento Esportivo de Inspiração.

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Aos 25 anos, Ítalo Ferreira foi indicado ao prêmio depois de se tornar o terceiro brasileiro a conquistar o título do Circuito Mundial de surfe, ao bater o compatriota Gabriel Medina na etapa de Pipeline, no Havaí.

Rayssa, de apenas 11 anos, foi campeã brasileira e vice-campeã mundial de skate street em 2019.

Rayssa Leal (de branco) em entrevista antes da premiação. (Foto: Andreas Rentz/Getty Images)

Os dois brasileiros perderam a disputa para a norte-americana Chloe Kim, de 19 anos, campeã mundial de snowboard, que superou também a surfista havaiana Carissa Moore, tetra mundial em 2019.

Já a Chapecoense, que já recebeu o Prêmio Laureus em 2018, foi indicada nesta edição comemorativa que reunia momentos inspiradores das últimas duas décadas. A equipe brasileira perdeu para a seleção indiana de críquete, campeã mundial em 2011.

Confira todos os vencedores do Prêmio Laureus:

Melhor Atleta no masculino
Lionel Messi (Futebol)
Lewis Hamilton (Fórmula 1)

Rafael Nadal (Tênis)
Marc Márquez (MotoGP)
Eliud Kipchoge (Maratona)
Tiger Woods (Golfe)

Melhor Atleta no feminino
Megan Rapinoe (Futebol)
Simone Biles (Ginástica Artística)
Allyson Felix (Atletismo)
Shelly-Ann Fraser-Pryce (Atletismo)
Naomi Osaka (Tênis)
Mikaela Shiffrin (Esqui)

Melhor Atleta de Esportes de Ação
Ítalio Ferreira (Surfe)
Rayssa Leal (Skate street)
Carissa Moore (Surfe)
Nyjah Huston (Skate street)
Mark McMorris (Snowboard)
Chloe Kim (Snowboard)

Atleta paralímpico do ano
Omara Durand (atletismo)
Diede de Groot (tênis)
Oksana Masters (esqui e paraciclismo)
Jetze Plat (paraciclismo)
Manuela Schär (atletismo)
Alice Tai (natação)

Equipe do ano
Seleção americana feminina de futebol
Liverpool
Mercedes (Fórmula 1)
Seleção sul-africana masculina de rúgbi
Toronto Raptors
Seleção espanhola de basquete masculino

Retorno do ano
Andy Murray (tênis)
Liverpool (futebol)
Kawhi Leonard (basquete)
Nathan Adrian (natação)
Sophia Florsch (F3 – automobilismo)
Christian Lealiifano (rúgbi)

Revelação do ano
Coco Gauff (tênis)
Bianca Andreescu (tênis)
Egan Bernal (ciclismo)
Seleção japonesa masculina de rúgbi
Andy Ruiz Jr (boxe)
Regan Smith (natação)

Momento Esportivo 2000-2020 de Inspiração
Eternos campeões (Chapecoense, Futebol, 2017)
O poder da mente (Natalie du Toit, Natação, 2002)
Nos ombros de uma nação (Sachin Tendulkar, Críquete, 2011)
Tal pai, tal filho (Mick Schumacher, Automobilismo, 2017)
Desafio do destino (Xia Boyu, Montanhismo, 2018)

Mais em Prêmio Laureus