Siga o OTD

Polo Aquático

Brasil disputa competição em Trinidad & Tobago por vaga no Mundial de pólo aquático

Vai começar a busca por uma vaga para o Mundial de Esportes Aquáticos para o pólo aquático brasileiro. A Seleção Brasileira viajou na quinta-feira para a disputa da Copa Uana, em Port of Spain, capital de Trinidad & Tobago, seletiva que colocará em disputa duas vagas para o Mundial de Budapeste, em julho/agosto. É o início de um novo ciclo olímpico. No feminino, o Brasil já está classificado porque apenas brasileiras e canadenses se inscreveram na competição.

O Brasil competirá contra Canadá, Argentina e Trinidad & Tobago. A estreia será no dia 7 contra a Argentina às 20h, de Brasília. No dia seguinte, os brasileiros pegam Trinidad & Tobago (21h30), e no dia 9, o Canadá (20h) pela fase de classificação. Depois haverá o cruzamento olímpico no dia 10 (1º x 4º, às 20h, e 2º x 3º, 21h30). Por fim, no dia 11/2, acontece a definição do torneio: disputa da medalha de bronze às 13h e decisão às 14h30. Os dois finalistas garantem presença no Mundial de Pólo Aquático.

A equipe masculina jogará com Slobodan Soro, Guilherme Almeida, Luis Ricardo, Gustavo “Grummy” Guimarães, Bernardo Reis Rocha, Roberto Freitas, Marcos Junior, Marcos Pedrosa, Leonardo Silva, Gustavo Coutinho, Anderson Cruz, Pedro Stellet e Pedro Real. O técnico é Ângelo Coelho. A comissão técnica é completada pelo preparador-físico William Morales e pelo vídeo-analista João Brandão. A médica da equipe é a doutora Claudia Coutinho. O chefe da delegação é Ricardo Cabral. O árbitro brasileiro é Edmundo Rodrigues.

Mais em Polo Aquático