Siga o OTD

Polo Aquático

Brasil bate Argentina duas vezes nas finais do Sul-Americano Juvenil

Seleções feminina e masculina derrotaram a rival continental para confirmar a taça após ambas manterem campanhas com 100% de aproveitamento em toda a competição

Brasil Argentina polo aquático sul-americano juvenil Peru campeões
Seleção feminina venceu duelo emocionante contra as rivais (Percy Calderon)

O Brasil venceu a Argentina nas finais feminina e masculina do polo aquático no Sul-Americano Juvenil que está sendo disputado no Peru. As moças levaram a taça primeiro nesta sexta-feira (12) derrotando as rivais continentais em um emocionante 15 a 13. Já os rapazes ganharam com mais folga, fizeram 17 a 5. Além do adversário, ambas as equipes foram iguais no aproveitamento em toda a competição, 100% nos dois naipes.

A campanha da seleção feminina começou com uma vitória sobre a Colômbia por 17 a 3. A seguir, o time derrotou o Chile por 19 a 4 na segunda rodada e, na terceira, fez 26 a 3 no Peru. No último compromisso da fase classificatória a parada foi mais difícil, mas a quarta vitória veio: 14 a 13 sobre a Argentina. Na semifinal, O Brasil marcou 27 a 4 no Chile, carimbando passaporte para a final do polo aquático feminino do Sul-Americano Juvenil.

+ Saiba mais sobre as disputas na capital peruana

Final feminina

Assim como no jogo da fase de classificação, a decisão do título foi igual do início ao fim. O primeiro tempo mostrou bem isso e terminou empatado por 5 a 5. Na volta, o equilíbrio permaneceu, com o Brasil conseguindo apenas um gol de vantagem na terceira parcial, 6 a 5, entrando no último quarto com 11 a 10 no marcador. A Argentina não desistiu e conseguiu virar no 13 a 12, porém a seleção brasileira se reencontrou e marcou três vezes seguidas para ficar com a taça.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Time masculino

A final masculina foi mais folgada para a o Brasil. Logo no início fez três gols antes de tomar o primeiro e ainda balançou as redes mais duas vezes, sem levar, no primeiro quarto. No segundo, o domínio ficou maior e a seleção fez 5 a 0 na parcial, indo para o intervalo com 10 a 1 no placar. Na volta, o time reduziu o ritmo e a terceira parcial terminou empatada em 2 a 2. No último quarto, com o jogo definido, o Brasil apenas administrou e ainda assim venceu por 5 a 2, fechando o jogo em 17 a 5. A campanha do time teve vitória no Uruguai na estreia e depois na Argentina por 17 a 6. Depois marcou 25 a 5 na Colômbia e 29 a 1 no Chile. Na semifinal, fez 30 a 1 sobre o Peru.

Mais em Polo Aquático

viagra