Siga o OTD

André Avallone sul-americano de polo aquático

Polo Aquático

Brasil aposta na juventude para a disputa do Campeonato Sul-Americano

Técnico André Avallone convocou jogadores jovens para o Campeonato Sul-Americano de polo aquático e considera Argentina e Colômbia os principais adversários

(Luiza Moraes)

Brasil aposta na juventude para a disputa do Campeonato Sul-Americano

O técnico da seleção brasileira masculina, André Avallone, fez, na última semana, a convocação dos atletas para o Campeonato Sul-Americano de polo aquático, que será realizado entre os dias 22 a 29 de março em Buenos Aires, na Argentina. 

Depois da participação do time no Torneio Pré-Olímpico, realizado na cidade de Rotterdam, na Holanda, a comissão técnica brasileira decidiu chamar atletas mais novos pensando em resultados a longo prazo.  

Os convocados de André Avallone são: Alexandre Mendes, Bruno Chiappini, Danilo Falcão, Eduardo Cintra, Felipe Ferreira, Gabriel Sojo, Guilherme Gomes, Gustavo Guimarães, Ítalo  Vizacre, João Fernandes, João Silveira, Lucas Farias, Lucas Santos, Luis Ricardo Gomes, Marcos Pedroso, Matheus Pereira, Paulo Oliveira, Pedro Madureira, Pedro Vergara, Rafael Vergara, Roberto Freitas e Thomas Borges. 

Vale lembrar que ainda não há a confirmação de participação de todos os nomes na competição de Buenos Aires.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

“É uma expectativa bem consciente, com os dois pés colados no chão! Acho que diferente do Pré-Olímpico em que as expectativas foram um pouco altas dentro da nossa condição aqui no Brasil e que está acontecendo no mundo. Agora no Sul-americano de polo aquático estamos dando mais oportunidades para atletas mais jovens. E diferente do que muitos estão pensando, não estamos cortando nenhum atleta”, comentou André Avallone. 

“Acho que todos os atletas têm seu valor e experiência. Mas estamos sim dando mais oportunidades para atletas jovens. Vale lembrar que esse Sul-americano não tem nenhuma classificação ou importância para classificação, mas simplesmente o resultado. Para quem está pensando em longo prazo é muito importante a gente descobrir algumas características e situações de estresse mental que os atletas enfrentarão. Será um bom momento para testar esses jogadores para o futuro”, falou. 

O Campeonato Sul-Americano de polo aquático conta com Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai, Uruguai, Argentina e Peru. As Seleções da Argentina e Colômbia devem ser os principais adversários do time brasileiro.

 “São duas equipes aqui na América do Sul muito fortes. Os atletas convocados terão a missão de representar o Brasil. Nosso objetivo principal é estar entre os três primeiros e enfrentar a Argentina na final”, finalizou Avallone.

Mais em Polo Aquático