Siga o OTD

Parapan 2019

Brasil derrota Colômbia na estreia do rugby em cadeira de rodas

Brasil não dá chances para a Colômbia e vence por 48 a 41 na estreia do torneio de rugby em cadeira de rodas

Com uma grande atuação de Júlio Braz, que marcou 20 tries, o Brasil não deu chances para a Colômbia e estreou com vitória do torneio de rugby em cadeira de rodas dos Jogos Parapan-Americanos. Depois de abrir quatro pontos no primeiro período, a equipe comandada por Ana Ramkrapes venceu por 48 a 41.

“Foi uma estreia muito boa, implementamos o nosso ritmo desde o começo num jogo difícil, um jogo complicado, que era o jogo chave da competição para poder ver a ordem de quem vai enfrentar quem mais para frente. Então, desde o começo conseguimos manter o nosso ritmo e conseguimos sair com a vitória”, afirmou Júlio Braz, a estrela do jogo, que fez questão de dividir com os companheiros a grande atuação que teve na partida.

“O rugby é um esporte coletivo que mesmo a gente fazendo muitos gols o melhor é jogar em equipe. Meus companheiros sempre estão me ajudando a fazer try como eu também estou ajudando eles a fazer try. Esporte coletivo é isso: jogando junto em busca do mesmo objetivo”, afirmou o camisa 11 da Seleção Brasileira.

Com o resultado, o Brasil divide a liderança da competição com Estados Unidos e Canadá, que também venceram na rodada de estreia. Os americanos bateram o Chile por 60 a 16, enquanto os canadenses fizeram 60 a 24 na Argentina.

Neste sábado, acontecem mais duas rodadas do torneio de rugby de cadeira de rodas e o Brasil terá pela frente duas pedreiras: o Canadá às 12h e depois os Estados Unidos às 17h.

“Canadá é um dos adversários muito difíceis junto com os Estados Unidos. Treinamos muito forte para fazer um jogo de igual para igual contra eles. Pode ter certeza que vamos dar o melhor de nós dentro de quadra para tentar sair com a vitória”, disse Júlio Braz, que explica que os dois países da América do Norte são os dois grandes favoritos ao ouro do rugby em cadeira de rodas dos Jogos Parapan-americanos. “São os dois favoritos pelo retrospecto, por muito tempo de rugby que as duas equipes têm. São equipes muito qualificadas, que estão no topo hoje do ranking mundial”.

Apesar disso, o Brasil, que cresceu muito no ranking e hoje está no Top 10, vai fazer de tudo para surpreender os favoritos em Lima. “Sabemos da dificuldade, mas treinamos muito forte e nos dedicamos neste ciclo para fazer um excelente jogo contra eles. Esse top 10 que hoje o Brasil se encontra é resultado de um trabalho duro, que estamos construindo de 2016 para cá. Então, o Brasil só tem a crescer e com certeza vai sair com um bom resultado daqui”, garantiu Júlio Cruz.

Os seis times que disputam o torneio de rugby de cadeira de rodas se enfrentam em turno único, classificando os quatro primeiros colocados para a semifinal, que acontece no dia 26. As finais serão disputadas no dia 27.

CALENDÁRIO GUIA DO PARAPAN NOTÍCIAS QUADRO DE MEDALHAS RESUMO DO DIA TEMPO REAL

Mais em Parapan 2019