Siga o OTD

Paralimpíada Todo Dia

Supercopas de goalball e futebol de cegos agitam CT Paralímpico

Melhores times de futebol de cegos e goalball do país se enfrentam

supercopa goalball
(Divulgação/CBDV)

A partir desta quarta-feira (22), o Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, receberá o que houve de melhor no futebol de cegos e goalball do Brasil na última temporada. As Supercopas das duas modalidades reunirão 82 atletas de dez instituições diferentes do país. As finais de ambas acontecerão no sábado (26).

A decisão do futebol, marcada para 10h30 (de Brasília), terá transmissão ao vivo pelo Facebook e YouTube do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro).

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Quatro verdadeiras seleções de craques do futebol de cegos estarão em quadra: AGAFUC-RS, APACE-PB, CEDEMAC-MA e MAESTRO-PR. O torneio, normalmente disputado pelos três primeiros colocados do Campeonato Brasileiro – Série A mais o campeão da B, desta vez reunirá os quatro primeiros da última edição da Primeira Divisão, já que não houve disputa da Segundona no ano passado por conta das restrições que a pandemia impôs ao calendário. A Supercopa será realizada sob as novas regras da modalidade implementadas pela IBSA (sigla em inglês para Federação Internacional de Esportes para Cegos) em 2022.

A Agafuc foi a única ganhadora das três edições realizadas até hoje (2020, 2019 e 2018) e terá um grupo bastante modificado em relação ao time campeão em 2020. Naquela ocasião, o ala Ricardinho se recuperava de lesão e desfalcou a equipe, que ainda jogou sem os argentinos Coki Padilla e Angel Deldo. Desta vez, o trio estará presente.

Supercopa futebol de cegos
Foto da medalha da Supercopa de futebol de cegos de 2020, que trazia as linhas de um campo de futebol em alto relevo – (Divulgação/CBDV)

Por outro lado, o ala Tiago Paraná deixou o elenco no ano passado para se transferir ao Maestro, que também tirou o angolano naturalizado brasileiro Maurício Dumbo do conjunto gaúcho. Assim, os paranaenses esperam compensar a ausência importante do craque Jefinho, lesionado.

A Apace, atual vice-campeã nacional, espera repetir na Supercopa o desempenho da Série A. Para isso, trouxe o goleiro Matheus Costa, da Seleção Brasileira, e o ala Jonatan, outro que saiu da Agafuc, além de manter a base com Jardiel, Maicon e Lucas Caetano, todos convocados esta semana para defender o Brasil na Tango Cup. Por fim, o Cedemac enfrentará seu primeiro desafio sem o comando da técnica Laryssa Macêdo, que deixou a instituição. No lugar dela, entra Alan Felix.

Os jogos serão disputados na quarta, quinta e sexta, sempre às 14h e 15h30, no formato de todos contra todos. Os dois melhores fazem a final. Os demais jogam pelo bronze. A tabela detalhada será formada no Congresso Técnico, marcado para esta terça.

futebol de cegos supercopa
Time da Agafuc posa após ganhar o título em 2020. Todos fazem o número três com os dedos das mãos, referência ao tricampeonato da Supercopa (Divulgação/CBDV)

+ Seleção Brasileira se reúne no CT Paralímpico para treinos

Goalball começa na quinta

A Supercopa de Goalball terá disputa no feminino e masculino e o sistema de disputa é o mesmo do futebol: todos jogarão entre si na fase classificatória e os dois mais bem colocados vão à decisão. A diferença é que o torneio começa um dia depois do futebol, na quinta. Entre as mulheres, participam: CETEFE-DF, SESI-SP, AMC-MT e ADEVIBEL-MG. Do lado dos homens, estão: SANTOS-SP, CETEFE-DF, ATHLON-SP e APACE-PB.

Houve duas edições do torneio na história do goalball, 2020 e 2019. O Sesi ganhou quase tudo nas duas categorias. A exceção foi o título masculino de 2019, que ficou com o Santos.

A grande novidade para esta edição será justamente a ausência da equipe masculina do Sesi, que terminou o Campeonato Brasileiro passado na quinta colocação. Assim, atletas como Parazinho, Alex Labrador e Son não participarão do evento. Já o conjunto feminino dirigido pelo técnico Diego Colletes manteve a base o título de 2020 com Gaby e Moniza, além de ter se reforçado com Danielle Longhini e a experiente Márcia Vieira, ex-atleta da Seleção. Assim, espera dar o troco nas meninas do Cetefe, lideradas pelas alas Jéssica Vitorino e Kátia, que levaram a melhor na decisão do último Brasileiro.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Paralimpíada Todo Dia