Siga o OTD

Paralimpíada Todo Dia

Brasil conquista mais uma prata e três bronzes no Mundial

Leylianne Ramos, Débora Menezes, Camila Macedo e Ana Carolina Moura foram ao pódio neste domingo (12). Brasil termina Mundial de Parataekwondo com melhor campanha da história

Mundial de Paratakwondo
Divulgação CBTKD

O Brasil segue escrevendo história no Mundial de parataekwondo, disputado em Istambul na Turquia. Depois da medalha de ouro de Silvana Fernandes, a delegação brasileira subiu mais quatro vezes no pódio. Leylianne Ramos foi prata na categoria até 65 kg e Débora Menezes e Camila Macedo, na categoria acima de 65kg, e Ana Carolina Moura, até 65kg, foram bronze.

-Ana Marcela Cunha vence a etapa de Israel do Circuito Mundial

Melhor brasileira no dia de competições, Leylianne Ramos chegou na final e teve pela frente a turca Secil ER. No combate, a atleta do Brasil acabou tendo um pouco mais de dificuldade do que nas lutas anteriores, acabou sendo derrotada por pontos, com 12 a 1 no placar, e ficou com a medalha de prata no Mundial de Parataekwondo.

Na mesma categoria, Ana Carolina Moura acabou derrotada na semifinal. No duelo contra a mesma Secil ER, que viria a ser a campeã, a brasileira teve dificuldade com o ritmo de combate da adversária e foi superada por 15 a 3. Com o resultado, Ana Carolina terminou sua participação no Mundial com a medalha de bronze na categoria até 65kg.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM, NO FACEBOOK E NO TIKTOK

Na disputa acima de 65kg, o Brasil foi ao pódio mais duas vezes. Débora Menezes acabou parando na semifinal, ao ser superada pela britânica Amy Truesdale, por 33 a 19. E Camila Macedo foi eliminada na mesma fase, ao ser derrotada por Guljonoy Naimova, do Uzbequistão, por 18 a 2. Com isso, as duas brasileiras terminaram com a medalha de bronze.

Com as conquistas deste domingo, o Brasil chega na marca de sete pódios no Mundial de Parataekwondo e a edição de 2021 passa a ser a melhor da história do país, superando a edição de 2019 que os brasileiros conquistaram um ouro e um bronze.

Mais em Paralimpíada Todo Dia

viagra