Siga o OTD

Paralimpíada Todo Dia

Atletas da seleção dominam o Grand Prix de Judô paralímpico

Thiego Marques, Harlley Arruda, Arthur Silva e Wilians Araújo venceram nas respectivas categorias. Antônio Tenório, Alana Maldonado, Lúcia Araújo e Meg Emmerich não competiram

Wilians Araújo Grand Prix de Judô Paralímpico
Wilians Araújo levou na categoria dos pesados (divulgação/CBDV)

O Grand Prix de Judô Paralímpico, disputado nesta sexta-feira (3), em São Paulo, deu o pontapé inicial no ciclo da modalidade rumo a Paris, palco da próxima edição dos Jogos Paralímpicos, em 2024. Todos os atletas da seleção brasileira que participaram do evento ganharam nas respectivas categorias. O evento foi o primeiro em território nacional desde o início da pandemia.

“O ciclo para Paris já começou, será um ciclo bem curto, e esse campeonato é de suma importância para chegarmos bem-preparados lá”, comentou o paraense Thiego Marques, de 22 anos, campeão no peso ligeiro (até 60 kg) defendendo a Aepa (Associação Esportiva e Paradesportiva do Sul e Sudeste do Pará).

Harlley Arruda, Arthur Silva e Wilians Araújo

Dos cinco homens que representaram o país no Japão, apenas o multimedalhista Antônio Tenório não pôde participar. Já Harlley Arruda (-81 kg), Arthur Silva (-90 kg) e Wilians Araújo (+100 kg) estiveram no tatame montado na arena multiuso do Centro de Treinamento Paralímpico e garantiram o primeiro lugar em suas respectivas categorias.

Wilians, inclusive, ajudou a Ceibc (Caixa Escolar Instituto Benjamin Constant), do Rio, a conquistar o título por equipes do Grand Prix de Judô paralímpico. Dos 11 inscritos pela associação, oito medalharam: três ouros, uma prata e quatro bronzes. Em segundo lugar, ficou a Adevirn-RN e, em terceiro, a Adevibel-MG.

Chave feminina

A chave feminina esteve mais desfalcada de atletas da seleção, já que Alana Maldonado, Lúcia Araújo e Meg Emmerich, as três medalhistas do judô paralímpico brasileiro em Tóquio, não lutaram. Antes do evento começar, no entanto, elas foram homenageadas pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ) com a promoção de graduações. Todos os judocas que foram ao Japão receberam o certificado das mãos dos senseis Alexandre Garcia e Jaime Bragança. “Muito grata pela homenagem que a CBJ, a CBDV e o Comitê fizeram aqui para a gente hoje”, disse Alana, primeira mulher brasileira campeã paralímpica de judô.

Grand Prix de Judô Paralímpico
(divulgação/CBDV)

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

“É o primeiro campeonato do ciclo, bom para sentir as meninas, ter a sensação de estar competindo de novo. Eu senti aquele frio na barriga que sempre dá em competição e vi evolução na minha luta”, destacou Rebeca Silva, de 20 anos, ganhadora no pesado feminino (acima de 70 kg) pela Amei-SP (Associação Mariliense de Esportes Inclusivos).

Grand Prix de judô paralímpico – pódios femininos

Até 48 kg
1ª: ROSICLEIDE SILVA DE ANDRADE
2ª: LUIZA GUTERRES OLIANO
3ª: DAYANNE SOUZA SILVA PEREIRA
3ª: MARIA DE FÁTIMA SILVA ROCHA

Até 52 kg
1ª: LARISSA OLIVEIRA DA SILVA

Até 57 kg
1ª: SARA SILVA DOS SANTOS

Até 63 kg
1ª: MICHELE APARECIDA FERREIRA
2ª: BENILCE DE ARAÚJO LOURENÇO
3ª: ANDREIA MATOS CANTEIRO
3ª: TAYNARA BARBOSA DA SILVA

Até 70 kg
1ª: BRENDA SOUZA DE FREITAS
2ª: KAROLINE PORTO DUARTE
3ª: CRISTINA MAZUHY ANTUNES XERXE
3ª: LUZIA DE ALCÂNTARA SANTANA LUS

Acima de 70 kg
1ª: REBECA DE SOUZA SILVA
2ª: DEANNE SILVA DE ALMEIDA
3ª: ERIKA CHERES ZOAGA
3ª: DANDARA NASCIMENTO DA SILVA

Grand Prix de judô paralímpico – pódios masculinos

Até 60 kg
1º: THIEGO MARQUES DA SILVA
2º: ROBERTO NUNES DA PAIXÃO
3º: JORGE DIODI NAKASHITA
3º: WAGNER ARAÚJO DE MORAES

Até 66 kg
1º: GABRIEL NASCIMENTO DA SILVA
2º: ELIELTON LIRA DE OLIVEIRA
3º: MAYCO DE SOUZA RODRIGUES
3º: LUCAS SOBRAL BRAGA

Até 73 kg
1º: MIQUEIAS GOMES BARBOSA
2º: RAYFRAN MESQUITA PONTES
3º: WILTON ALVES MUNIZ JUNIOR
3º: HALYSON OLIVEIRA BOTO

Até 81 kg
1º: HARLLEY DAMIÃO PEREIRA DE ARRUDA
2º: ROGERIO CAMPOS DOS SANTOS
3º: MARCIO GOMES VIEIRA
3º: DENIS APARECIDO ROSA

Até 90 kg
1º: ARTHUR CAVALCANTE DA SILVA
2º: RAFAEL SILVA MARTINS BRITO
3º: LUIZ GEOVANI MOREIRA DA SILVA
3º: MARCELO ANDREIANO DE AZEVEDO

Até 100 kg
1º: DIEGO DE JESUS SILVA
2º: ROBERTO JULIAN SANTOS DA SILVA
3º: ABNER NASCIMENTO DE OLIVEIRA
3º: FLAVIO DA SILVA RODRIGUES

Acima de 100 kg
1º: WILIANS SILVA DE ARAÚJO
2º: JULIO CESAR DA CONCEIÇÃO
3º: LUCIANO BONINE PEREIRA
3º: ALEXANDRE MAGNO FERREIRA DA SILVA

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Paralimpíada Todo Dia