Siga o OTD

Pacto pelo Esporte

Podcast do Pacto pelo Esporte #3 – Desenvolvimento do esporte

O terceiro podcast do Pacto Pelo Esporte traz um debate sobre o desenvolvimento do esporte e tem como convidados os atletas olímpicos Nalbert Bitencourt e Gustavo Borges

O terceiro podcast do Pacto Pelo Esporte, produzido em parceria com o Olimpíada Todo Dia, traz um debate sobre o tema “Desenvolvimento do Esporte” e tem como convidados Nalbert Bitencourt, campeão olímpico Atenas-2004 pela seleção brasileira de vôlei, e Gustavo Borges, dono de quatro medalhas em Olimpíadas na natação, sendo duas de prata (Barcelona-92 e Atlanta-96) e duas de bronze (Atlanta-96 e Sydney-2000).

+ Podcast do Pacto pelo Esporte #2 – Desafios na pandemia

O bate-papo foi mediado por Daniela Castro, diretora executiva do Pacto pelo Esporte, e conversa abordou o assunto esporte em um aspecto bastante amplo, como a formação nas escolas, o alto rendimento, as políticas públicas e como ferramenta de impacto na saúde. “No Brasil a gente não tem clareza de como lidar com educação, saúde e alto rendimento. É tudo uma mistura muito grande”, disse Gustavo Borges.

+ Pacto une forças com suas empresas no combate à Covid-19

“Na minha visão, a gente precisa olhar para o alto rendimento como entretenimento. Tem que ser interessante assistir a natação e os outros esportes. O vôlei fez isso bem com praia e quadra. Já os outros esportes querem primeiro a projeção na televisão para que a imprensa divulgue e depois capte recursos. Esse é o problema. A gente não deixa nosso esporte ‘sexy’. Ele tem que ser atrativo”, completou o ex-nadador.

Esporte e educação

Gustavo Borges foi além do alto rendimento. “Dentro da escola, que é o berço da atividade física, a educação física não é uma disciplina tão valorizada quanto as outras e isso é um grande erro. Na questão da formação, se tem o público jovem praticando esporte dentro das escolas, a chance de isso ir para uma formação mais organizada de competição é um grande e aí o funil do alto rendimento se instala”, destacou.

+ Podcast do Pacto pelo Esporte #1 – Juntos somos mais fortes!

Além dos títulos como jogador de vôlei, Nalbert Bittencourt é, atualmente, membro do Comitê Gestor do Rating Integra, uma realização da Atletas pelo Brasil, do COB (Comitê Olímpico do Brasil), do CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro), do Instituto Ethos e do Pacto pelo Esporte. Ele funciona como um vetor de mudança e indutor de boas práticas de governança, integridade, transparência e gestão entre instituições esportivas.

+ CONHEÇA O BLOG DO PACTO PELO ESPORTE

“Agora como atleta não em atividade, a vontade é ainda maior de vencer no esporte para deixar um legado e um ambiente esportivo melhor. O Brasil ainda não tem um ambiente esportivo ideal e está longe disso, mas a gente está nessa luta para que isso possa acontecer. De uma forma gradual, já que a gente sabe que não vai acontecer uma revolução, que não será de um dia para o outro”, afirmou Nalbert.

Incentivo aos professores

“O brasileiro precisa de um incentivo, informação e dar mais valor aos professores de educação física. Hoje em dia, 80% daqueles que fazem educação física pensam em dar aula em academia ou ser personal. Eles não pensam mais em ir para escola e ser aquele professor apaixonado pelo esporte e fazer com que os jovens gostem também. E isso ocorre porque não existe incentivo, condições, estrutura e ele vai morrer de fome”, completou.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

O ex-jogador de vôlei ainda fez uma comparação de seu papel atual em relação ao anterior. “É sempre ótimo falar de esporte. Continuar na nossa luta. Antes eu buscava aquele saque melhor naquela hora, no dia seguinte, e em ganhar o próximo jogo e campeonato. A luta por um esporte melhor é em uma velocidade diferente. Mas o empenho e a paixão continuam sendo as mesmas”, acrescentou Nalbert.

Origem

A Atletas pelo Brasil foi o ponto de partida para o Pacto pelo Esporte, que atualmente reúne 32 empresas dos mais diversos setores. Trata-se de um acordo voluntário entre patrocinadoras do esporte nacional, que define regras e mecanismos nas relações entre investidores e entidades esportivas (confederações, federações e clubes).

parceria do Olimpíada Todo Dia e pacto pelo esporte asics (Gustavo Borges e Nalbert Bitencourt)
Olimpíada Todo Dia e Pacto pelo Esporte unidos para o desenvolvimento esportivo

O objetivo é fornecer ferramentas de autorregulamentação que definam boas práticas em governança, integridade e transparência, para a efetivação dos patrocínios feitos pelas empresas às entidades.

O Pacto pelo Esporte é propositivo e é mais um passo em direção à melhoria do esporte de alto rendimento no país. A iniciativa, de longo prazo, pretende aumentar os patrocínios às entidades e ao esporte, em termos que garantam credibilidade e segurança do investimento. Com isso, o esporte será ainda mais valorizado.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Pacto pelo Esporte