Siga o OTD

Os Olímpicos

Brasil empata novamente em jogo tenso e emocionante

Brasil empata novamente em jogo tenso e emocionante

Após empatar na estreia com a Espanha, o Brasil oscilou muito e empatou com a Tunísia neste domingo em um jogo intenso de roer as unhas.

Grupo B

Na segunda partida do Mundial, Brasil e Tunísia se enfrentaram em uma partida chave pela vaga para a próxima fase. O jogo começou disputado, com gols alternando entre as duas equipes até o 12-12 faltando ainda 10 min pro fim do 1º tempo. O Brasil teve um leve apagão, com uma bola na trave e a Tunísia aproveitou, com Youssef Maaref marcando três seguidos para 15-12. O Brasil seguia mal enquanto os goleiros tunisianos faziam uma ótima partida. A equipe africana mais três seguidos e o 1º tempo acabou com vantagem tunisiana de 20-16.

Na segunda metade, o Brasil começou a jogar muito melhor e conseguia virar bem as bolas, chegando a marcar cinco seguidos, sendo três de Haniel Langaro, e o Brasil empatou em 21-21. Na metade do período o Brasil encaixou mais uma boa sequência e virou para 26-24, só que a Tunísia empatou. Aí o Brasil abriu novamente para 28-26 e novamente a Tunísia empatou. No último minuto, a vantagem tunisiana era de 32-30 e a situação estava complicada. Após o pedido de tempo do Brasil, Gustavo Rodrigues marcou e a bola era tunisiana, só que Mosbah Sanai não conseguiu converter, o goleiro Maik devolveu rapidinho e Guilherme Torriani marcou o empate em 32-32. Faltando 6 s, a bola era da Tunísia, que tentou atacar, mas no último segundo, a bola bateu no travessão e a partida terminou empatada.

No jogo seguinte, duelo europeu entre Espanha e Polônia. E a vitória foi espanhola com 27-26. Apesar da vitória, os números apontaram uma vantagem polonesa, que teve 68% de aproveitamento no ataque contra 53% dos espanhóis. Os goleiros poloneses também foram melhores, defendendo 39% das bolas contra 28% do lado espanhol.

Nenhuma das quatro equipes do grupo está classificada ou eliminada. A rodada de terça terá primeiro Espanha e Tunísia, o que já pode definir a classificação brasileira com uma vitória espanhola.

Grupo A

Cabo Verde chegou muito desfalcado para seu primeiro mundial, com apenas 11 atletas elegíveis pra estreia contra a Hungria. Antes do jogo deste domingo contra a Alemanha, dois jogadores testaram positivo para COVID-19 e, com apenas 9 podendo jogar, a partida precisou ser cancelada e a vitória por 10-0 foi dada para a Alemanha.

No outro jogo, a Hungria passou tranquilamente pelo Uruguai. Na metade do 1º tempo, já tinha uma enorme vantagem de 11-2 e foi pro intervalo com 16-8. No 2º tempo, os húngaros aumentaram a potência e marcaram mais 28 gols para vencer com 44-18. Sete jogadores húngaros fizeram pela menos 4 gols.

Grupo C

Após um ótimo empate com a Croácia na estreia, o Japão acabou sendo derrotado pelo Qatar por 31-29. O cubano Frankis Marzo foi o destaque do time do Qatar, marcando 11 tentos em 16 tentativas. Aliás, o ataque qatari foi muito bom, com 74% de acerto no gol japonês. O time do Qatar também contou com uma ótima participação do goleiro Mohamed Abidi, que fez 11 defesas. O Qatar chegou na metade do 2º tempo com vantagem de 26-21, o Japão virou com seis gols seguidos, mas o Qatar finalizou melhor para vencer mais uma e se classificar para a fase seguinte.

A Croácia confirmou seu favoritismo e venceu Angola por 28-20. Foi um primeiro tempo disputado que terminou com 12-11 pros croatas, mas eles foram abrindo aos poucos, abrindo vantagem de 18-13 no início do 2º tempo. 10 min depois, aumentaram para 23-16 até vencer por 28-20, com um bom ataque de 70% de eficiência.

Grupo D

A Argentina venceu sua segunda partida neste Mundial, agora sobre o Bahrain. Os argentinos, liderados por Federico Pizarro, venceram no 1º tempo com 12-10. A equipe asiática foi aos poucos evoluindo e tirando a diferença até virar e abrir 20-17, faltando ainda a metade do 2º tempo. Só que veio um apagão barenita e os argentinos empataram em 20-20 e, com mais 4 gols no final do jogo, viraram para vencer com 24-21.

A campeã olímpica Dinamarca teve mais uma tranquila vitória, agora sobre a República Democrática do Congo e já se classificou para a próxima fase ao lado da Argentina. Sem muito trabalho, fechou o 1º tempo com 23-10. No 2º tempo, seguiu dominando marcando 2 ou 3 gols para cada um da equipe africana e fechou com 39-19, com 8 gols de Johan Hansen.

O Mundial segue nesta segunda com o início da última rodada da primeira fase.

Mais em Os Olímpicos