Siga o OTD

Santiago 2023

Equipe brasileira se mantém na briga pelo pódio do nado artístico

Com 217.7750 na rotina livre, as brasileiras conseguiram se manter na 4ª colocação e já somam 431.8654 pontos

Equipe brasileira do nado artístico dos Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023
Foto: Divulgação/@sincrobrasil

A equipe brasileira de nado artístico segue na cola das primeiras colocadas e vai lutar por um lugar no pódio dos Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023 até o último momento. Nesta quinta-feira (2), a seleção brasileira da modalidade entrou em ação para se apresentar na rotina livre. Assim como aconteceu com a rotina técnica, as brasileiras se mantiveram em 4º lugar.  

+Nado artístico nos Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023

Com 217.7750, as brasileiras ficaram só atrás de Canadá, Estados Unidos e México na rotina livre. Elas entram na água com uma nota de dificuldade de 33.400 pontos. Com uma série sem penalidades,  a equipe brasileira somou 101.8000 no critério de precisão artística e 120.4750 de execução. 

Dessa forma, somando aos 214.0904 conquistados na rotina técnica, o Brasil está na quarta posição com 431.8654 pontos. O país vem logo depois do Canadá, terceiro colocado com 463.3721. Na rotina livre, as canadenses fizeram 230.1042. Disparados, México e Estados Unidos brigam pelo ouro e a vaga olímpica com 557.8546 e 536.5800 somados, respectivamente. 

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIKTOK E FACEBOOK

Nos Jogos Pan-Americanos, a disputa por equipes do nado artístico é dividida em três etapas. Os países apresentam séries de rotinas técnica, livre e acrobática. Assim, quem tiver a maior pontuação das três notas somadas, fica com a medalha de ouro. Na sexta-feira (3), o Brasil volta para a piscina para sua última prova, a rotina acrobática.

Jornalista recifense formado na Faculdade Boa Viagem, apaixonado por futebol, atletismo, basquete e outros esportes.

Mais em Santiago 2023