Siga o OTD

Levantamento de Peso

Marco Túlio fecha na quarta colocação o Pan-Americano; Serafim Veli sente lesão

Gregório marcou o quinto lugar no arranco e o quarto no arremesso, fechando com 362kg a competição. Já Veli registrou só a quinta colocação no arranco, com 155kg

Marco Túlio Gregório Pan-Americano de levantamento de pesos Serafim Veli Marco Túlio medalhas Pan-Americano de levantamento de peso
Marco Túlio foi melhor no arremesso (reprodução/Canal Olímpico do Brasil)

O brasileiro Marco Túlio Gregório somou 362kg e terminou na quarta colocação geral a categoria até 96kg do Campeonato Pan-Americano de Levantamento de Pesos, disputada nesta quinta-feira (22) no Parque Deportivo Del Este, em Santo Domingo, República Dominicana. Ele terminou em quinto no arranco, com 162kg, e quarto no arremesso, com 200kg. Serafim Veli também competiu, mas ficou sem marca geral, pois se machucou no arremesso e se retirou da competição. No arranco, foi o sexto com 155kg. O campeão foi o colombiano Jhonatan Rivas, com 393kg no somatório.

O Pan-Americano de Levantamento de Pesos de Santo Domingo é o penúltimo torneio da corrida olímpica pelo ranking das Américas, o último nível ouro. O derradeiro é o Open da Colômbia, no mês de maio, nível prata. O Brasil ainda tem mais dois atletas disputando o torneio. Jaqueline Ferreira estará em ação na sexta (23), às 16h, pela categoria 87kg. No sábado (24), às 11h, Fernando Reis vai buscar o título da categoria na +109kg.

Arranco

Serafim Veli, que é refugiado albanês e virou atleta na Grécia, foi o primeiro brasileiro a competir, entrou com 155kg no arranco e conseguiu logo na primeira tentativa. A seguir, subiu para 160kg, mas falhou. Na terceira e última tentativa aumentou um quilo, mas voltou a falhar e fechou na sexta colocação.

Marco Túlio Gregório entrou com 162kg e também conseguiu logo de cara. A seguir, uma guerra de nervos nos bastidores contra Nathan Damron, dos Estados Unidos. Marco Túlio havia pedido 165kg, mas Damron elevou para 167kg. Marco Túlio, então, “trucou” e colocou 168kg. Melhor para o atleta da América do Norte, que fechou na quarta colocação, deixando Marco Túlio em quinto.

Enquanto isso, o venezuelano Keydomar Sanchez, o canadense Boady Santavy e Jhonatan Rivas fizeram uma disputa à parte pelo ouro, já que entraram com 170kg, 175kg e 175kg, respectivamente. Melhor para o canadense, que venceu com 181kg, novo recorde pan-americano. Rivas levou a prata com 180kg e Sanchez foi bronze com 175kg.

Arremesso

No arremesso, Serafim Veli também foi o primeiro brasileiro a entrar no tablado, saindo com 185kg, mas sentiu a lesão. Marco Túlio entrou com 190kg e conseguiu logo de cara. A seguir, aumentou em dez quilos o desafio e voltou a ter sucesso. Tentando acompanhar os favoritos, foi para 203 kg, mas não conseguiu.

A disputa pelo pódio no arremesso foi novamente entre Santavy, Rivas e Sanchez, com Nathan Damron de “intruso”. Melhor para Rivas, que venceu com 213kg. Santavy foi o segundo com 208kg e também ficou com o vice no geral, somando 389kg. O bronze, no arremesso e no geral, foi para Damron, com 207kg e 374kg. Sanchez queimou as três tentativas e ficou sem marca.

Corrida Olímpica na 96kg

Marco Túlio e Serafim Veli disputam as vagas olímpicas na categoria até 96kg com pelo menos três atletas: Keydomar Sanchez, o chileno Arley Mendez Perez e o cubano Olfides Vera. Os três adversários dos brasileiros podem garantir vagas entre os oito melhores do mundo nesta e em outras categorias, o que abriria a vaga de melhor das Américas.

Chama a atenção a diferença de pontos entre Gregório e Veli. O primeiro subiu para 3.034, apenas quatro pontos atrás de Veli. A definição ficará para o Open da Colômbia.

Ainda no peso de entrada, a dupla brasileira mostrou o equilíbrio que os coloca em posições muito próximas no ranking olímpico da categoria 96kg. Tanto Gregório (25º), quanto Veli (23º), definiram 360kg como parâmetro inicial.

Prata de Nathasha Rosa

O Brasil estreou no Pan-Americano de Levantamento de Pesos na terça-feira (20) com três atletas. Nathasha Rosa (49kg) conquistou a medalha de prata no arranco com 83kg. Somando o arremesso, registrou 178kg ficando em quinto lugar. Com o resultado, dá um passo importante para a conquista da vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio através do ranking olímpico. Luana Madeira disputou a mesma categoria.

+RECEBA NOTÍCIAS NO NOSSO CANAL NO TELEGRAM OU PARTICIPE DO NOSSO GRUPO DO WHATSAPP

Rosane Santos (55kg) também fechou na quinta colocação, com 172kg, sendo 78kg no arranco (5º lugar) e 94kg no arremesso (8º lugar). O resultado não foi tão bom para Rosane considerando a corrida olímpica. Ela, que ainda briga pela vaga das Américas, terá de realizar uma excelente prova no Open da Colômbia, e ainda torcer contra suas adversárias mais próximas para buscar a classificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Levantamento de Peso