Siga o OTD

Paralimpíada Todo Dia

Brasil faz oito pódios no primeiro dia do GP São Paulo de judô

Rayfran Pontes e Rosicleide Andrade conquistaram uma medalha de ouro cada, Thiego Marques ganhou uma de prata e Roberto Paixão, Harlley Arruda, Belnice Lourenço, Giulia Pereira e Lúcia Araújo foram bronze

Rosicleide Andrade judô paralímpico Grand Prix de judô paralímpico
Rosicleide Andrade (Tuane Fernandes/ CBDV)

A seleção brasileira de judô paralímpico conquistou oito medalhas no primeiro dia do Grand Prix de São Paulo neste sábado (2). Foram duas de ouro, com Rayfran Pontes e Rosicleide Andrade, uma prata de Thiago Marques de quatro bronzes com Roberto Paixão, Harlley Arruda, Belnice Lourenço, Giulia Pereria e Lúcia Araújo. A competição, a terceira etapa do circuito mundial da Federação Internacional de Esportes para Cegos (IBSA), termina no domingo (3).

Rayfran Pontes foi o campeão da categoria até 73 quilos na classe J1. Ele derrotou o argentino Eduardo Gauto por ippon na primeira luta aplicando um estrangulamento após estar perdendo por um waza-ari. Depois, já na semifinal, passou pelo cazaque Yergali Shamey com um ippon em apenas nove segundos de combate. A final seria contra Florin Bologa, mas o romeno não pode lutar por conta de uma lesão na panturrilha. Harlley Arruda foi bronze na mesma categoria e classe derrotando o tailandês Wongphaet Witthaya e o porto-riquenho Luiz Diaz antes de perder a semifinal para Bologa. Na disputa pelo terceiro lugar venceu o mexicano Raul Carreon.

+ Seleção de bocha viaja para etapa da Copa do Mundo em Portugal

Ouro, prata e mais bronzes

Rosicleide Andrade foi campeã da até 48 quilos classe J1 ao bater a argentina Ledesma Dure, a única adversária da categoria, em uma série melhor de três. “Eu estava me sentindo muito cobrada por vir de duas conquistas e estar dentro de casa. Era uma cobrança minha mesmo, querendo me manter no pódio. E foi concentrar, focar, fazer o que eu vinha treinando, para dar tudo certo!”, comemorou a atleta.

Já a disputa de Thiego Marques, na categoria até 60 quilos da classe J2, foi em sistema de todos contra todos. O brasileiro ganhou duas, contra Gerardo Beltran, do México, e o chileno Yabran Llanos Llanos, e perdeu para o argelino Ishak Ouldkouider, que ficou com o ouro. Beltran completou o pódio do Grand Prix de São Paulo de judô paralímpico.

+SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

O bronze de Roberto Paixão foi na até 60 quilos J1 com vitória sobre o argentino David Gomez. Antes, ele havia derrotado o tailandês Vitoon Kungsuk nas quartas de final e perdido para o venezuelano Marcos Blanco na semifinal. Elielton Oliveira também disputou a medalha de bronze na mesma categoria e classe, mas perdeu para o cubano Yonaldy Miyares. Blanco foi o campeão e o argelino Faical Chebieb levou a prata. Os outros dois terceiros lugares foram de Belnice Lourenço e Lúcia Araújo nas duas categorias até 57kg, ambas disputadas em sistema de todos contra todos. Belnice, na classe J1, venceu duas e perdeu duas. Ela bateu Larissa Silva e a canadense Christina Mowatt e perdeu para outra canadense, Priscilla Gagné, e para a argentina Paula Martinez. Gagné foi a campeã e Martinez ficou em segundo. Já Lúcia Araújo, medalhista de bronze em Tóquio-2020, ficou em terceiro na classe J2.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Paralimpíada Todo Dia