Siga o OTD

Judô

Guilherme Schimidt conquista a medalha de prata no Grand Prix de Zagreb

Brasileiro venceu três das quatro lutas que fez, chegou pela primeira vez em uma final em torneios desse nível, parando apenas no atual número um do mundo

Guilherme Schimidt medalha de bronze Mundial Júnior judô Grand Prix de Zagreb de judô medalha de prata
(Rafal Burza/CBJ/arquivo)

O brasileiro Guilherme Schimidt conquistou a medalha de prata no Grand Prix de Zagreb de judô neste sábado (25), segundo dia de competições na Croácia. Ele perdeu a final para Tato Grigalashvili, da Georgia, atual número um do mundo, vice-campeão mundial e campeão europeu e do Masters, além de quinto colocado nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Foi a primeira final de Schimidt em um Grand Prix. Ele sai do torneio com três vitórias em quatro lutas.

Na final, Guilherme Schimidt (81kg), de apenas 20 anos, idade limite da categoria júnior, tomou um waza-ari logo no começo e não conseguiu fazer frente para o adversário (veja abaixo). Para chegar na decisão, ele passou pelo francês Tizie Gnamien por ippon na estreia, depois derrotou o espanhol Jose Maria Izquieta por waza-ari nas quartas de final e, na semi, conseguiu novo golpe perfeito, desta vez sobre o moldavo Dorin Gotonoaga (veja abaixo). O jovem brasileiro vem de outros bons resultados esse ano. Ganhou o Pan-Americano e o Open, ambos disputados em Guadalajara entre 15 e 17 de abril. Em 2019, foi medalhista de bronze no Mundial Júnior de judô, o último da categoria disputado até agora. O próximo será em outubro, na Itália.

Luana, Michael e Millena

Além de Guilherme Schimidt, três brasileiros lutaram neste sábado na capital croata. Luana Carvalho (70kg), de 19 anos, venceu a estreia contra a israelense Shaked Amihai virando o resultado na reta final da luta. Ela perdia por waza-ari, quando, a 28 segundos do fim, conseguiu empatar e, 13 segundos depois, a 15 do fim, encaixou outro e sacramentou a vitória por ippon. A seguir, pegou a russa Anka Pogacnik, cabeça de chave número um do Grand Prix de Zagreb e dez anos mais velha, e perdeu após tomar o golpe perfeito. Michael Marcelino (73kg), de 22 anos, e Millena Silva (70kg), de 21, caíram na primeira rodada. Ele foi derrotado pelo belga Joroen Casse após tomar três punições, sendo a última já no golden score. Ela caiu por waza-ari para a croata Andela Violic.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

O Grand Prix de Zagreb foi a primeira competição do circuito mundial depois dos Jogos Olímpicos a contar com judocas brasileiros. Sendo assim, a Confederação Brasileira de Judô optou por levar atletas mais jovens, a maioria das equipes Sub-21 e Sub-23. No primeiro dia, na sexta (24), a brasileira Natasha Ferreira chegou perto da medalha, disputou o bronze, e saiu com a quinta colocação. A competição termina domingo (26), sem brasileiros em ação.

Mais em Judô