Siga o OTD

Judô

Medalhistas paralímpicos farão parte da calçada da fama

Karen Cardoso e Wilians Araújo somam juntos três medalhas de prata em Jogos Paralímpicos e agora têm o nome eternizado no Rio de Janeiro

Karen Cardoso e Wilians Araújo Saiu convocação da Seleção Brasileira de judô paralímpico calçada da fama
Judocas que foram ao pódio paralímpico foram homenageados nesta quarta-feira (12) (CBDV)

Karen Cardoso e Wilians Araújo colocaram os respectivos nomes na calçada da fama do judô paralímpico nesta quarta-feira (12). Medalhistas em Paralimpíadas, ambos ficarão eternizados na chamada Cidade das Artes Marciais, no Rio de Janeiro. 

Karen Cardoso conquistou duas vezes a medalha de prata. A primeira foi em Atenas-2004 e a segunda em Pequim-2008. Já Wilians Araújo foi ao pódio dos Jogos Paralímpicos uma vez, na Rio-2016, e também ficou com a prata.

Vale lembrar que no judô paralímpico não existe distinção de classe. Independente da classificação do judoca, todos lutam contra todos na categoria. 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nesta quarta (12), nossos judocas @karlafcjudo e @wilians_araujo_judo foram homenageados, no Rio. . Eles tiveram seus nomes gravados em placas na Calçada da Fama do judô, ao lado de outros atletas olímpicos e paralímpicos festejados pelo município. . O novo ponto turístico, localizado em Jacarepaguá, reúne 12 praças com nomes de grandes mestres de artes marciais. A praça que receberá a Calçada se chama Jigoro Kano, professor japonês que criou o judô. . A @cbdvoficial parabeniza nossos medalhistas paralímpicos e o @govrj pela iniciativa! 👏👏👏 . #judo #rj #rio #artesmarciais #homenagem #paralimpicos #paralympics #jigorokano

Uma publicação compartilhada por CBDV (@cbdvoficial) em

Calçada da Fama

O local onde está a calçada da fama fica em Jacarepaguá, na cidade do Rio de Janeiro, e reúne 12 praças com nomes de grandes mestres de artes marciais. A praça que receberá a homenagem leva o nome Jigoro Kano, professor japonês que criou o judô.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

“Estou bem feliz. Eu já tenho meu nome na Calçada da Fama do Flamengo e em uma placa gravada no dojo do clube. Então é mais uma homenagem para o meu currículo”, comemorou Karla, que ainda tem uma medalha em mundial e Jogos Parapan-Americanos. 

+ Em um ano, Brasil viverá um dia pesado com chances de medalha

“É uma sensação maravilhosa ter o nome eternizado em uma praça, o reconhecimento de um trabalho não só meu, de toda uma equipe do Instituto que me dá total suporte. Da CBDV, também, por todo o investimento que faz nos atletas e por dar todas as condições em treinamentos, viagens, intercâmbios. Fico muito feliz”, festejou o judoca, que conquistou medalhas também no mundial de 2014 e nos Jogos Parapan-Americanos de 2011 e 2015.

Mais em Judô