Siga o OTD

Pan 2019

Brasileiros disputam repescagem para definir vaga no remo

Brasileiros disputam repescagem para definir vaga no remo

O Brasil abriu as competições do remo sem conseguir garantir vaga adiante. Os únicos barcos brasileiros que entraram na água e estarão na final disputaram baterias que serviam apenas para colocação de raias na finalíssima na quinta-feira. Os outros competidores do país voltarão às águas hoje às 18h de Brasília para disputar a repescagem.

O melhor desempenho ficou por conta da equipe brasileira no coxless four (quatro remadores sem timoneiro). Willian Giarreton, Fábio Moreira, Alef Fontoura e Gabriel Campos venceram sua bateria com tempo de 6m07s06 e assim remarão a final da categoria na raia 3, no meio.

Também disputando prova apenas para colocação na final, Yanka Vieira e Luana de Azevedo ficaram em quinto no sculls duplo feminino, entre seis barcos. Elas disputarão a final saindo da raia 1.

O melhor desempenho entre os que precisavam garantir classificação ficou com a dupla Lucas Verthein e Uncas Batista, no sculls masculino. Eles ficaram em segundo lugar de sua eliminatória, mas apenas o vencedor da prova garantia vaga na Final A.

Uncas Batista também disputou o sculls simples, mas com menos sucesso. Teve o pior tempo geral da prova, disputada em três baterias. No entanto, ainda terá chance de se recuperar na repescagem, valendo vaga na semifinal.

Na categoria sculls duplo peso leve, Aílson Eráclito e Evaldo Becker ficaram em quarto lugar na bateria, entre cinco barcos. Na repescagem, eles ficaram em quinto lugar e não foram para a final A. Ainda assim, eles disputam a final B daqui a três dias na sexta-feira (10).

Confira a programação completa do remo no Pan 2019.

 

Mais em Pan 2019