Siga o OTD

Pan 2019

Brasil fatura medalha de ouro no revezamento misto do triatlo

Após um ouro e duas pratas no primeiro dia de competição, triatlo brasileiro fecha Jogos Pan-Americanos com a conquista do título do revezamento misto

Vittoria Lopes, Luisa Baptista, Kauê Willy e Manoel Messias levam o ouro no revezamento misto do triatlo nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019
Reprodução/Instagram

Depois de ganhar um ouro e duas pratas no primeiro dia de competição, o triatlo brasileiro fechou com chave de ouro sua participação nos Jogos Pan-Americanos. A equipe brasileira formada por Luisa Baptista, Vittoria Lopes, Manoel Messias e Kauê Willy venceu a prova do revezamento misto, disputada na manhã desta segunda-feira. Canadá, com a medalha de prata, e o México, com a de bronze, completaram o pódio.

O Brasil começou a participação no revezamento com Luisa Baptista, que depois de 300m de natação, 6,6km de bicicleta e 1,5km de corrida, terminou sua participação na primeira colocação. Kauê Willy veio a seguir e caiu para a vice-liderança. A terceira atleta a competir foi Vittoria Lopes, que conseguiu recuperar a liderança, que foi mantida na última volta por Manoel Messias, que cruzou a linha de chegada em primeiro lugar, conquistando a medalha de ouro para o Brasil.

“Eu sabia que tinha que dar tudo,” contou Vittoria. “Na natação e no ciclismo, consegui e entreguei super bem para o Messias.”

As brasileiras também destacaram a novidade da prova, estreante do Pan “Nossa, eu adorei essa prova, achei muito legal,” disse Luisa Baptista. “É uma coisa nova e diferente para gente. Estou muito feliz, meu segundo ouro no Pan.”

Para Kauê, apesar da novidade por ser misto, o entrosamento ainda era forte. “A gente já está junto há alguns anos,” ele contou, “e eu e o Messias competimos juntos desde os 8 anos.”

ACOMPANHE AO VIVO: Triatlo revezamento misto – Lima 2019

 

Mais em Pan 2019