Siga o OTD

Hipismo

Dia sem brilho dos brasileiros na Bélgica e nos Estados Unidos

Seis foram para a pista em concursos de dois e de três estrelas sem que nenhum deles conseguisse avançar para as disputas das primeiras colocações

EDUARDO MENEZES COM H5 CHAGANUS
Eduardo Menezes (Anwar Esquivel/arquivo)

Seis brasileiros competiram nesta quinta-feira (13) em concursos de duas e três estrelas de hipismo disputados nos Estados Unidos e na Bélgica. O desempenho, porém, não teve muito brilho, já que nenhum deles avançou para as disputas das medalhas e das primeiras colocações. Em um de uma estrela, para cavalos jovens, Alexandre Gadelha foi para o desempate e ficou na 12ª colocação.

Vitor Luminatti, montando Idette, e Eduardo Menezes, com H5 Chacco’s Charlie PS, ficaram na 20ª e 21ª colocação no concurso três estrelas com obstáculos a 1m40 realizado em Wellington, na Flórida, Estados Unidos. Vitor completou o percurso em 73s86 computando cinco pontos por penalidades. Eduardo fez em 70s42, porém com oito pontos em punições. O vencedor foi o irlandês Conor Swail, montando Cana van de Bloom, com passagem zerada em 55s48.

Eduardo Menezes competiu também na prova com obstáculos a 1m50 formando conjunto com Calypso Des Matis, prova que contou com o compatriota Luiz Francisco Azevedo e Collin. Eduardo ficou em 15º com quatro pontos de penalidades e tempo de 73s22. Luiz Francisco ficou mais atrás, em 39º, com nove pontos e 75s89 no cronômetro. O israelense Daniel Bluman venceu, montando Cachemire de Braize, marcando 37s159 no desempate.

+ Jaqueline Mourão conquista mais uma prata na Sérvia

Sentower Park

O Brasil esteve representado também no concurso de duas estrelas de hipismo do Sentower Park, em Opglabbeek, Bélgica. Katty King, montando Jella Van’T Kathof, Carlos Eduardo Mota Ribas, Night Secret Z, e Alexandre Gadelha, com Jubalu. Katty, na com obstáculos a 1m40, até chegou perto de se classificar, não cometeu penalidades e ficou com o 19º melhor tempo. Os 15 primeiros avançaram. O vencedor foi o alemão Michael Jung montando Chasandra.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

No com obstáculos de 1m45, Carlos Eduardo recebeu quatro pontos de penalização e fechou em 22º. David Will, da Alemanha, com Quentucky Jolly ficou com o primeiro lugar. Alexandre Gadelha disputou um até 1m30 montando Palau P e ficou em 35º lugar sem penalidades e com tempo de 32s21. O suíço Pius Schwizer, e Diane de Launay, venceram com 24s56. Gadelha e Carlos Eduardo Mota Ribas competiram ainda no concurso de uma estrela para cavalos jovens, com obstáculos a 1m30 ou 1m35. Gadelha, montando Otessa Vd Brouwershoeve, avançou ao desempate e ficou na 12ª colocação passando com pista limpa em 31s07 na segunda apresentação. Carlos Eduardo, montando Trix, não prosseguiu e fechou em 49º.

Mais em Hipismo

viagra