Siga o OTD

Curiosidades olímpicas

Recordista dos saltos ganhou ouro com músculo rompido em 1956

Alemão Hans Günter Winkler é o maior vencedor da competição de saltos, modalidade mais conhecida do hipismo, nos Jogos Olímpicos

Hans Günter Winkler hipismo
(Ron Kroon/Anefo/Wikimidia)

O alemão Hans Günter Winkler é o maior vencedor da competição de saltos, modalidade mais conhecida do hipismo, nos Jogos Olímpicos. Em seis participações, o cavaleiro ganhou sete medalhas, cinco de ouro, uma de prata e uma de bronze. A única conquista individual obtida por ele foi em 1956, quando ele foi campeão individual, mas teve que se superar ao competir com o músculo da virilha rompido.

Por conta das restrições que obrigavam os animais a passarem por severas quarentenas na Austrália, as provas de hipismo não acontenceram em Melbourne, cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 1956. As competições aconteceram em Estocolmo, na Suécia, cinco meses antes do início da Olimpíada em território australiano.

HEROÍSMO EM 1956

Hans Günter Winkler chegou à Suécia cotado para a medalha, já que havia sido campeão mundial individual em 1954 e 1955. Montanto a égua Halla, o alemão cumpriu as expectativas e saiu de Estocolmo com duas medalhas de ouro, uma na prova por equipes e outra na prova individual.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

A conquista da prova individual, no entanto, foi heroica. No primeiro percurso, o conjunto formado por Hans Günter Winkler e Halla cometeu apenas uma falta. Apesar dos quatro pontos perdidos, eles ficaram na liderança, seguidos por Pierre Jonquères d’Oriola, que ficou em segundo com oito pontos perdidos.

Nessa primeira volta, Hans Günter Winkler, que tinha 30 anos, rompeu o músculo da virilha. Para poder competir no percurso final, ele tomou uma dose grande de analgésicos, que não foi suficiente para que ficasse confortável na sela. Por isso, ele foi amarrado à égua Halla, que, mesmo com o cavaleiro urrando de dor a cada obstáculo, completou a volta sem cometer nenhuma falta para conquistar a medalha de ouro para a Alemanha.

+ CONHEÇA O BLOG CURIOSIDADES OLÍMPICAS

Hans Günter Winkler voltou com a égua Halla para competir nos Jogos Olímpicos de Roma-1960. Na disputa individual, eles ficaram em quinto lugar, mas voltaram a conquistar a medalha de ouro por equipes. Com isso, Halla se tornou o animal mais vencedor da história olímpica com três títulos olímpicos.

ÉGUA RECORDISTA

A parceria com Halla acabou em Roma, mas Hans Günter Winkler continuou colecionando medalhas olímpicas por equipes. Ele foi ouro em Tóquio-1964 e Munique-1972, prata em Montreal-1976 e bronze na Cidade do México-1968.

Em Montreal-1976, Hans Günter Winkler teve a honra de ser o porta-bandeira da Alemanha Ocidental na cerimônia de abertura. Aos 50 anos, ele encerrava em grande estilo sua carreira olímpica.

Ao todo, Hans Günter Winkler competiu internacionalmente pela Alemanha 108 vezes, abandonando o hipismo competitivo apenas em 1986. Em Seul-1988 e Barcelona-1992, ele foi o técnico da equipe alemã que competiu nos Jogos Olímpicos. Em 2006, entrou para o Hall da Frama do esporte na Alemanha. Em 2018, aos 91 anos, faleceu em Warendorf.

Mais em Curiosidades olímpicas