Siga o OTD

Hipismo

Principal torneio do hipismo brasileiro começa nesta quarta-feira em São Paulo

Os principais cavaleiros e amazonas do Brasil estão em São Paulo para disputar a principal competição do hipismo nacional na temporada. Entre quarta-feira e domingo (5 a 9) a Sociedade Hípica Paulista realizará o Concurso de Salto Internacional e Nacional 2* Longines Indoor. São 22 provas, das quais oito internacionais, incluindo provas show de potência com tentativa de quebra de recorde de salto em altura, na noite do sábado, e a carro x cavalo, no domingo. Nesta quarta-feira, estão programadas quatro provas a partir de 10h30 da manhã.

O Longines Indoor 2016 foi apresentado à imprensa na manhã desta terça-feira (4). A coletiva contou com diretores da Sociedade Hípica Paulista, como o presidente do Conselho, Ronaldo Milan, e Constantino Scampini, diretor de Salto da SHP e responsável pelo trabalho de base na Confederação Brasileira de Hipismo e alguns dos favoritos da competição como Doda Miranda, José Roberto Reynoso Fernandez Filho, Felipe Amaral e Giulia Scampini.

“Meu objetivo é manter a liderança do ranking nacional e, como tenho dois bons cavalos, vou ceder um deles, o Maestro, se o Doda (Álvaro Affonso de Miranda Neto) precisar. Quero aproveitar para convidar o público para vir a Hípica Paulista. Será uma linda festa até domingo”, ressaltou José Roberto Reynoso Fernandez Filho, campeão brasileiro Senior Top 2015 e que nos cinco dos oito GPs do Brasileiro 2016 somou três vitórias, um 2º e um 3º lugar.

Doda, que mora na Europa, chegou ao Brasil para participar do Indoor e está definindo o cavalo que vai montar no evento. “Vou fazer um treino com o Diamant Z, cavalo do Geraldo Mendonça, para tentar me adaptar. Se der certo, vou saltar com ele e assim abro mão da oferta do Zé Roberto, que gentilmente me ofereceu o Maestro. Ele é um grande amigo, está em ótima fase e tem duas ótimas montarias”, contou Doda. “Fico muito orgulhoso de participar do Indoor, pela organização impecável, e feliz por rever os amigos e a família. A partir do ano que vem tenho um projeto para desenvolver, no Brasil, um centro de formação da raça Brasileiro de Hipismo, pois quero competir em Tóquio 2020 com um BH. Por isso, quero vir mais ao Brasil para clínicas e competições”, acrescentou.

A nova geração do hipismo brasileiro marcou presença com Giulia Scampini e Felipe Amaral. Giulia, de 19 anos, é a mais jovem amazona a disputar as provas do Brasileiro Senior Top. “Este concurso é muito especial porque posso aprender com os mais experientes. Quero aproveitar esta oportunidade, mas já comecei a sentir um frio na barriga”, admitiu a amazona bicampeã americana junior em 2013 e 2014 e considerada uma das mais promissoras do esporte.

Felipe, integrante do Time Brasil no Pan 2015 e reserva nos Jogos Rio 2016, acabou de voltar de uma temporada de dois anos na Bélgica. “Fiquei na Europa para me aprimorar visando a Olimpíada e estou feliz em retornar ao país justamente na principal competição do calendário”, disse o cavaleiro de 25 anos, vice-campeão por equipes na Copa das Nações em Calgary, no Canadá, no final de agosto, logo após os Jogos Olímpicos.

Até domingo, o Longines Indoor terá competições de alto nível técnico, sendo 12 provas nacionais – entre 1.10m e 1.40m – e 8 internacionais – entre 1.35m e 1.60m, com destaque para o GP Longines, na tarde de domingo, válido pela sexta de oito etapas do Campeonato Brasileiro Hyundai Senior Top. No intervalo a sempre esperada prova show carro x cavalo promete levantar o público. José Roberto Reynoso Fernandez Filho é líder isolado da competição com 95 pontos. César Almeida está na vice liderança e o jovem talento Alberto Sinimbu em terceiro, com 57 e 50 pontos, respectivamente. A disputa ainda vale como etapa seletiva da Liga Sul Americana para a Final da Copa do Mundo 2016/2017 em Omaha, Nebraska (EUA) no início de abril do ano que vem.

Outra competição muito esperada é a prova de potência, programada para a noite do sábado. A disputa começa a 1.60 metro com R$ 100 mil em jogo. Os primeiros R$ 50 mil são para aqueles que ultrapassarem a altura de 2.00 metros. Quem encarar o desafio de bater o recorde do Indoor (2,25 metros), disputará os outros R$ 50 mil com o muro elevado para 2,28 metros.

Em 2015, após um hiato de 13 anos, quatro conjuntos largaram na potência. Mas somente dois chegaram a saltar com sucesso o emocionante desafio: o recordista brasileiro de salto em altura e cavaleiro olímpico Luiz Felipe de Azevedo, o Felipinho, com seu Quolibri e o top da casa Fabio Sarti com Exclusiv C. O melhor salto foi de Felipinho e Quolibri ultrapassando um muro a 2,08 metros. O recorde remonta a 2001, quando Renato Junqueira e Pirandelo, que haviam batido no muro a 2.15 metro, tiveram sucesso passando os 2.25 metros. Esta marca, recorde brasileiro de potência em recinto fechado, permanece até hoje e pode ser batido neste sábado.

As 22 provas do concurso serão mostradas ao vivo pelo site da Sociedade Hípica Paulista. Para acompanhar basta clicar aqui.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Fundador e diretor de conteúdo do Olimpíada Todo Dia

Mais em Hipismo