Siga o OTD

Ginástica Rítmica

Babi Domingos lidera primeiro dia do Pan-Americano

Babi Domingos terminou o dia em primeiro lugar no individual geral no Pan-Americano de ginástica rítmica, seguida por Maria Alexandre

Babi Domingos no Pan-Americano de ginástica rítmica
(Foto: Marina Ziehe/COB)

Começou a competição adulta do Campeonato Pan-Americano de ginástica rítmica, na Guatemala. O Brasil foi com suas principais atletas para a disputa e terminou o dia com liderança de Babi Domingos no individual geral, seguida por Maria Alexandre. Já no conjunto, a seleção brasileira teve um erro na sua série simples, encerrando o dia em segundo lugar, atrás do México.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

No individual geral, o Brasil conta com Babi Domingos, Maria Alexandre e Geovanna Santos participando do Pan-Americano. Em uma das suas últimas competições antes dos Jogos Olímpicos de Paris, Babi mostrou todo o seu potencial para brigar por uma vaga na final olímpica, com duas apresentações fortes. Ela tirou 33.700 no arco, para uma série ao som da trilha sonora do filme “O Rei Leão”. Em seguida, Babi Domingos conseguiu 32.850 pontos na bola, ao som de “Je Suis Malade”. Assim, a paranaense terminou o dia na liderança do individual geral com 66.550 pontos.

Maria Alexandre teve alguns erros na sua série de arco, conseguindo 32.450 pontos. Mas ela melhorou na bola, onde fez uma série espetacular para conseguir 34.000, a maior nota da competição até aqui. Maria terminou o dia com 66.450 pontos, logo atrás de Babi Domingos. Geovanna Santos somou 32.500 no arco e 32.050 na bola para um total de 64.550. Apenas a norte-americana Rin Keys, que tirou 65.300 está entre Jojo e as outras brasileiras.

As provas desta sexta também definiram as classificadas para as finais por aparelho. Geovanna Santos se classificou no arco, enquanto Maria Alexandre pegou a vaga na bola. Babi Domingos avançou para a final dos dois aparelhos.

Conjunto terá briga acirrada pelo ouro no geral

O conjunto brasileiro foi para o Pan-Americano com seu grupo principal. Nesta sexta, a seleção se apresentou nos cinco arcos com Duda Arakaki, Deborah Medrado, Nicole Pircio, Victoria Borges e Sofia Madeira. Durante a prova, um dos arcos do Brasil acabou voando para fora do tapete, com uma das ginasta tendo que pegar o aparelho reserva. Isso acabou diminuindo a nota do Brasil que tirou 34.300. Na disputa geral, o conjunto brasileiro está atrás apenas do México, que teve 34.450. A Colômbia está em terceiro lugar com 27.450.

Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e viciado em esportes

Clique para comentar

Você deve estar logado para postar uma comentário Login

Deixe um Comentário

Mais em Ginástica Rítmica