Siga o OTD

Ginástica Artística

Diogo Soares leva o ouro no solo no Troféu Brasil de ginástica

Diogo Soares foi um dos destaques no primeiro dia de finais no Troféu Brasil de ginástica artística conquistando o ouro no solo e a prata no cavalo

Diogo Soares troféu brasil ginástica artística rebeca andrade
(Foto: Fernando Gomes/CBG)

Nesta sábado (21), aconteceram as primeiras finais do Troféu Brasil de ginástica artística. Recém contratado pelo Flamengo, Diogo Soares foi um dos destaques do dia, conquistando o ouro no solo e a medalha de prata no cavalo com alças. O clube carioca ainda levou mais um título com Rebeca Andrade nas barras assimétricas.

A primeira final do dia foi a do solo masculino. Com vários atletas cometendo alguns erros na final, a medalha de ouro ficou com Diogo Soares. O ginasta do Flamengo fez a série mais limpa do dia para vencer com 13.733 (8.433 de execução). Diogo fez um duplo mortal com dupla pirueta, uma bela sequência de giros em flair além de uma tripla pirueta bem executada. Patrick Corra levou a prata com 13.367 e Gabriel Faria ficou com o bronze com 13.233.

No cavalo com alças, a vitória foi de Francisco Barretto. O veterano foi um dos poucos atletas que passou sem quedas pelo aparelho e levou o ouro com 13.167. Caio Souza e Diogo Soares fizeram boas séries mas tiveram quedas no aparelho. Mesmo assim, ambos foram ao pódio empatados no segundo lugar com 12.633 pontos.

+ Isaquias Queiroz leva prata no c1-500m na Copa do Mundo

Nas argolas, o pódio foi todo de atletas do Minas Tênis Clube. Gabriel Faria foi o campeão da prova com 13.567, melhorando quatro décimos em relação à qualificação. Gustavo Pereira ficou em segundo lugar com 13.467 e Caio Souza foi o terceiro com 13.267. Caio teve uma ótima série e iria levar o ouro se não fosse uma queda no seu triplo mortal grupado na saída do aparelho.

Finais femininas

No feminino, o destaque foi Rebeca Andrade. Atual vice-campeã mundial nas barras assimétricas, a ginasta do Flamengo venceu a prova com 14.600. Ela apresentou a sua série convencional, mas sem a conexão entre o Pak e o voo à barra alta com meia volta. Rebeca ainda deixou uma ótima impressão final com um Tsukahara cravado na saída.

Rebeca Andrade se apresenta nas barras assimétricas no Troféu Brasil (Foto: Fernando Gomes/CBG)

A medalha de prata ficou com Jade Barbosa. Ela tirou 12.833 e mostrou que tem potencial para aumentar a nota da série já que fez apenas uma saída simples para se poupar. Carolyne Pedro levou o bronze com 11.833.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBETWITTERINSTAGRAMTIK TOK E FACEBOOK

Rebeca não competiu no salto, onde é a atual campeã olímpica e mundial. Em uma final com várias atletas mais novas, o ouro ficou com Andreza Lima com média 12.833 para seus dois saltos. A ginasta do Grêmio Náutico União fez um Yurchenko com pirueta (13.067) e uma reversão para frente com mortal grupado (12.600). Prata para Beatriz dos Santos (12.450) e bronze para Gleyce Lino (12.383).

O Troféu Brasil de ginástica artística termina neste domingo (22) com a disputa de mais cinco finais: trave e solo no feminino e salto, barras paralelas e barra fixa no masculino.

APOIE O OLIMPÍADA TODO DIA

Desde setembro de 2016, o Olimpíada Todo Dia não deixa você ter saudade dos Jogos nunca. É o único veículo de comunicação que todos os dias traz a trajetória dos atletas olímpicos e paralímpicos, combatendo a monocultura do futebol e na busca de ajudar a mudar a cultura esportiva do Brasil. Gosta do nosso trabalho? Nos apoie! Faça um pix para [email protected]

Outra alternativa para nos apoiar é usando o cupom OTD em compras na Centauro. Com o cupom, você ganha 10% de desconto na compra de equipamentos esportivos e parte do valor será revertido para o Olimpíada Todo Dia. Vale lembrar que os descontos não são cumulativos. Se alguma peça já estiver em oferta, você não conseguirá aumentar o desconto, mas se colocar o cupom OTD, parte do valor vai ajudar o portal do mesmo jeito. Você pode comprar também pela vitrine do OTD no site das Centauro.

Mais em Ginástica Artística