Siga o OTD

Palmeiras para no Santos e Corinthians pode retomar a ponta do Brasileiro

Futebol

Palmeiras para no Santos e Corinthians pode retomar a ponta do Brasileiro

Clássico na Vila Belmiro ficou com o placar em branco, apesar das diversas chances criadas pelas duas equipes. Nas arquibancadas, a presença da técnica da seleção Pia Sundhage

Santos e Palmeiras ficaram no 0 a 0 em clássico disputado na noite deste domingo (16) pela sequência da oitava rodada do Brasileiro feminino de futebol. O duelo entre Palestrinas e Sereias colocou frente a frente primeira e quarta colocadas, separadas por apenas três pontos. O jogo prometia tanto, que mereceu a presença da técnica da seleção, Pia Sundhage, na Vila Belmiro. E pagou a expectativa. Foi um pecado as redes não terem balançado.

Quem esfrega as mãos com esse resultado é o Corinthians, atual campeão, que pode recuperar a ponta do Brasileiro feminino. Basta vencer o Grêmio em casa no fechamento da rodada, nesta segunda (17), às 20h. O Palmeiras passou a somar 18 pontos, dois a mais que o Timão, vice-líder. O Santos foi a 15, assume a terceira colocação, mas pode ser superado pelo São Paulo (14), que pegaria a Ferroviária às 20h ainda deste domingo, e por Grêmio (13) e Internacional (13). As Gurias Coloradas enfrentam o Avaí-Kinderman às 15h desta segunda, no Rio Grande do Sul.

-Tabela do Campeonato Brasileiro de futebol feminino 2021

Lá e cá

O Palmeiras criou mais e o Santos sempre respondeu com perigo no primeiro tempo. Logo aos 7min, Bia Zaneratto armou uma boa jogada pela direita, tocou para Julia Bianchi, que cruzou na boca do gol, mas a bola não encontrou um pé verde para empurrar para as redes. Aos 12min, foi Julia Bianchi quem armou e meteu um bolão para a Chú. A atacante só não abriu o placar por conta de um desarme cirúrgico de Fê Palermo.

O Santos respondeu aos 13min com Ketlen escapando pela direita e cruzando para Cristiane na cara do gol, mas a atacante chegou um instante atrasada. Aos 23min, Cristiane arrematou de dentro da área depois de uma bela rabiscada na frente de Rafaelle e Jully pegou com firmeza.

O Palmeiras voltou à carga e quase chegou ao gol aos 30min. Bia Zaneratto desarmou Fê Palermo e ficou livre, porém Michelle cresceu na frente da camisa 10 e salvou o Santos. Na sequência, Ketlen foi acionada em velocidade e foi a vez de Jully salvar as palestrinas saindo da área e dando uma bica na bola. Aos 37min, mais uma vez Michelle parou Bia Zaneratto. A meia entrou na área pela esquerda, deu um corte espetacular em Bruninha e tocou pro gol, já na pequena área, mas a goleira santista salvou.

As Sereias ainda tiveram uma chance clara no fim do primeiro tempo, com Amanda pela esquerda. Ela recebeu de Ketlen, cortou a zaga e teve o gol inteiro à frente, mas acabou colocando pela linha de fundo, tirando tinta do poste.

Zaneratto, Cristiane, Michelle…

O Palmeiras voltou em cima para o segundo tempo e nos primeiros três minutos amassou o rival. Foram pelo menos duas grandes chances com as sereias encurraladas na própria área. O Santos respondeu em um contra-ataque rapidíssimo pela direita, armado pela goleira Michelle. Bia Zaneratto seguiu infernizando. Aos 7min, ela arrancou pela esquerda, ganhou na marra da zaga e Fê Palermo precisou cobrir para evitar o gol. Logo a seguir, arrematou de dentro da área e Michelle salvou novamente.

Apesar de acossado, o Santos não estava morto. Aos 12min, Cristiane, Amanda e Maria Dias fizeram uma boa trama pelo meio e deram trabalho pra defesa afastar. A seguir, o ataque veio pela direita com Amanda, ela cruzou para Ketlen, que ajeitou de cabeça e Cristine bateu firme para boa defesa de Jully. Dez minutos mais tarde, Camilinha apareceu pelo meio e mandou uma bala defendida por Michelle. A seguir, em escanteio venenoso batido por Brena, Ketlen respondeu pelo time da Vila.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, TWITTERINSTAGRAM, FACEBOOK E TIKTOK

O Palmeiras voltou à carga aos 28min, com Zaneratto recebendo de Duda Santos na meia-lua da área rival, dando um passe de calcanhar para Ary, livre, na esquerda. O chute saiu torto e foi por cima. Nos quinze minutos finais, os times diminuiram o rítmo. Aos 41min, a última chance do duelo. Otília foi pra cima de Fê Palermo, roubou a bola e arrancou contra o gol do Santos, sendo parada por Camila na hora do arremate.

Mais em Futebol