Siga o OTD

Marta seleção brasileira feminina

Futebol

Marta se apresenta à seleção e completa o grupo em Viamão

Atacante chegou nesta sexta-feira (8) para participar do período de treinos da seleção principal, comandada por Pia Sundhage

A atacante Marta se apresenta em Viamão (RS), para a fase de treinos da seleção brasileira (Lucas Figueiredo/CBF)

Marta se apresenta à seleção e completa o grupo em Viamão

A técnica Pia Sundhage conta com 100% do grupo para o período de preparação com a seleção brasileira feminina, em Viamão (RS). Nesta sexta-feira (8), a atacante Marta se apresentou à concentração e integrou o grupo das 23 jogadoras. Os treinamentos, que acontece em um período que não corresponde a Data FIFA, serão realizados até o dia 20 deste mês.

A seleção iniciou os trabalhos em Viamão na última terça-feira (5). As atividades que iniciam o ano de 2021 fazem parte do ciclo de observações da comissão técnica de olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Por conta de compromissos pessoais, Marta foi liberada para se apresentar à equipe três dias depois do grupo. 

Na manhã desta sexta, a técnica Pia Sundhage comandou o terceiro treino da equipe. Priorizando o trabalho específico para cada setor, a comissão técnica dividiu o grupo em jogadoras de defesa e de ataque.

+ Corinthians anuncia renovação de contrato com Andressinha

As defensoras focaram na compactação das linhas. As meias e as atacantes, por sua vez, realizaram finalização. Na etapa final, a sueca liderou um coletivo em campo reduzido de 11 x 11. 

Novidades no gol

As goleiras da seleção que estão em Viamão: Bárbara, Vivi e Nicole (/Lucas Figueiredo/CBF)

Neste primeiro período de treinos em 2021, a seleção feminina conta com novidades no gol. Além da experiente goleira Barbara, a técnica Pia Sundhage conta pela primeira vez com a arqueira Vivi, do Palmeiras, e Nicole Ramos, do Avaí/Kindermann. Também integra o grupo Thiago Mehl, novo preparador de goleiras da equipe brasileira.

Nicole Ramos é estreante na equipe principal, mas foi nome constante nas convocações de Jonas Urias para a equipe sub-20. Aos 20 anos, a arqueira exalta a primeira oportunidade entre as melhores do país e destaca a experiência nas categorias de base como peça-chave para o crescimento na carreira.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

“Tive a oportunidade de passar pelas seleções sub-15, sub-17 e sub-20. Agora, tenho a primeira oportunidade na Principal. Sinto que essa integração é muito importante e agrega muito para a gente. Quando vamos jogar uma competição como o Sul-Americano, a gente chega com uma bagagem diferente e acho que foi importante ter passado por tudo isso”, afirmou Nicole.

Já para Vivi não é uma novidade estar na seleção principal. Depois de uma temporada especial com o Palmeiras, a goleira voltou a ser convocada. A última oportunidade havia sido com a técnica Emily Lima, em 2017. “É importante pra mim essa primeira experiência com a Pia, é o reconhecimento do meu trabalho. Ela tem uma vasta experiência com o futebol feminino em outros países, então é uma vivência internacional pra gente também”, explicou a goleira palmeirense.

Mais em Futebol